“Entrámos num ciclo de vitórias que nos fez acreditar na subida”

O Arrifanense garantiu a subida à 1.ª Divisão Distrital de Aveiro após a vitória sobre a LAAC, por 1-0, na “finalíssima” que possibilitava às equipas da 2.ª Divisão Distrital um lugar no escalão superior, depois de terem terminado o playoff de apuramento em igualdade pontual e com resultados idênticos. Na decisão, o golo solitário de Diogo foi suficiente para que a formação de Arrifana fizesse a festa. 

Para o treinador Miguel Avelar, os tumultos do início de época foram ultrapassados com a ajuda de um plantel que soube conviver com as dificuldades. “A equipa foi montada à última hora e tínhamos apenas 13 jogadores quando o campeonato começou. Perdemos na primeira jornada com o Argoncilhe, mas depois entrámos num ciclo de vitórias que nos fez acreditar que seria possível subir de divisão”, revela, confidenciando que, na fase do playoff e na final com a LAAC, a equipa voltou a sofrer algumas contrariedades. 

“Na última fase, o plantel ficou curto, porque tínhamos jogadores lesionados e outros já tinham abandonado. Acabámos por conquistar a subida porque temos uma equipa humilde, que soube perceber a mensagem que tentámos passar. Tivemos um coletivo forte”, sublinha.

O técnico considera que a subida de divisão é uma recompensa para o clube e para os jogadores, que nos últimos anos sentiram dificuldades para manter o futebol sénior. “Merecemos a subida, porque o clube andava destroçado e o plantel do ano passado, de qual transitaram apenas três jogadores, ficou dizimado. O último jogo com a LAAC foi a grande prova da capacidade que a equipa tem”, conclui.

Fotografia
Clube Desportivo Arrifanense

13 de Junho de 2018
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas