Rui Lima esperou pelo fim para dar um novo começo ao Aguinense na 2.ª Divisão Distrital

O Aguinense regressou às vitórias na 2.ª Divisão Distrital, ao derrotar o Ribeira da Azenha, em casa, por 1-0, com um golo apontado por Rui Lima no minuto 90, em jogo a contar para a 19.ª jornada da Série B. É o segundo triunfo do Aguinense na competição, e acontece três meses depois da vitória sobre o Pesegueirens, à 7.ª jornada.

Os três pontos permitem ao Aguinense trocar de lugar com o Ribeira da Azenha na tabela classificativa, abandonando a última posição. Rui Lima, avançado que marcou o golo decisivo, acredita que o a vitória “é o ponto de viragem que se procurava”.

“No final do jogo, notou-se alegria no balneário. Os jogadores estão conscientes de que, se continuarem a trabalhar como têm feito até aqui, as vitórias vão surgir. Não temos tido sorte, a bola não tem entrado, mas esta vitória é um novo começo”, aponta.

Para o jogador de 21 anos, o regresso aos triunfos é um sinal positivo da vontade dos jogadores, que não tem sido correspondida com resultados. O atacante, que fez a sua formação no Bustos e passou por clubes como o Oiã, o Oliveira do Bairros e o Fermentelos, considera que a equipa pode aproveitar o momento para se superar nos próximos jogos.

“Estávamos sem motivação, e o triunfo acaba por anular a nossa recente falta de confiança. Julgo que a equipa tem de se agarrar ao que fez de bom para continuar a vencer. Temos qualidade para terminar o campeonato a meio da tabela”, sublinha, acrescentando que “a postura da equipa mudou no jogo com o Ribeira da Azenha”.

“Fomos mais ambiciosos e concentrados, e soubemos aproveitar as nossas capacidades para conquistarmos a vitória. Para mim, foi bom marcar o golo da vitória, sobretudo quando a equipa vive um período menos bom”, afirma.

Rui Lima, que na época passada representou o Requeixo, admite que quer alcançar um patamar superior no futebol, mas diz-se concentrado em ajudar o Aguinense nos seus objetivos. “Qualquer jogador jovem ambiciona sempre mais. Por isso, pretendo continuar a trabalhar com dedicação, porque só ajudando o Aguinense a ter melhores prestações poderei alcançar outro patamar”, conclui.

CRAC encurta distância para a LAAC na Série B
O CRAC venceu o Mamarrosa, em casa, por 2-1, e encurtou a distância para a LAAC, que foi derrotada no seu reduto pelos Paredes de Bairro, pelos mesmos números. Os golos de Cláudio Casal e Ricardo Veríssimo permitiram ao CRAC a cambalhota no marcador, já que o Mamarrosa esteve a vencer com um golo de Alexandre Carvalheira. Quanto à LAAC viu o Paredes do Bairro adiantar-se no marcador com os golos de João Ferreira e Renato Silva, marcando o tento de honra por intermédio de Roberto Almeida.

O Valonguense obteve um triunfo convincente diante do Vaguense, por 4-1, com golos de Tiago Soares, Miguel Batista, Luís Gonçalo e um autogolo de Rafael Silva. Os anfitriões reduziram por Jerry Henriquez.

Quem também triunfou fora de casa foi o Monsarros, que bateu o Calvão por 2-1, resultado com que o CD Luso venceu na receção ao Bom-Sucesso. A equipa da casa colocou-se em vantagem com um golo de Diogo Carvalho, mas a igualdade surgiu por intermédio de Miguel Nadais. Contudo, uma grande penalidade convertida por Cláudio Martins deu o triunfo ao CD Luso.

A jogar em casa, o Águas Boas derrotou o Sosense, por 3-0, com um golo de Gilberto Fernandes e um "bis" de Ruben Rocha, resultado com que o Pessegueirense venceu, também em casa, o Carqueijo, com os tentos de Ricardo Martins, Paulo Cruz e André Coutinho. De realçar ainda a goleada do Santo André sobre a JuveForce B, com um "hat-trick" de Brian Ferreira, um "bis" de Igor Sousa e um tento de Fábio Rebelo. Os forasteiros marcaram por Daniel Almeida e Gonçalo Martins.

Na Série A, a Geração RD igualou o Real Nogueirense na segunda posição, estando ambas as equipas a quatro pontos de distância do líder, Pinheirense, que cedeu um empate em casa, diante do Nogueira da Regedoura (1-1). A formação de Pinheiro da Bemposta esteve a vencer com um golo de Artur Santos, mas Ruben Macedo restabeleceu a igualdade.

A Geração RD venceu no reduto do Caldas de S. Jorge por 2-0, enquanto o Real Nogueirense esteve a vencer na visita ao Santiais, com um golo de João Santos, mas Tiago Fragoso fixou o resultado em 1-1, de penálti. Já o Sanguedo goleou o Relâmpago Nogueirense, em casa, por 5-1, beneficiando de dois autogolos, um "bis" de João Brito e um golo de Manuel Valente. O golo de honra dos forasteiros foi apontado por José Guedes.

Quem também venceu em casa foi o Lobão, ao derrotar o Valéga por 4-2, enquanto o S. Roque bateu o S. Martinho por 2-0, com os golos de João Neves e Bruno Oliveira. Resultado idêntico verificou-se no triunfo do Fermedo sobre o Vila Viçosa, com os golos de Marco Azevedo e Bruno Oliveira.

O Rocas do Vouga venceu na deslocação a Tarei por 3-0, com um golo de Lázaro Oliveira e um "bis" de Martinho Mendes, resultado com que o Romariz bateu o Milheiorense, com os tentos de Ricardo Oliveira, Jorge Magalhães e Daniel Alves.

Fotografia
Direitos Reservados

11 de Fevereiro de 2019
Vítor Hugo Carmo
[email protected]
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas