Gonçalo Azevedo, o homem da casa que abateu o Dragão

Gonçalo Azevedo, nascido e criado na vila de Cesar, foi o herói do triunfo do Cesarense diante do FC Porto (3-1), na 1.ª Divisão Nacional de juniores, ao bisar na reta final do encontro, completando a cambalhota no marcador. “Marcar dois golos significa muito”, assume o camisola 10, que leva sete remates certeiros no campeonato, marca há quatro jornadas consecutivas, mas mesmo assim se gosta de definir como “o jogador que assiste”.

A tarde foi histórica para o Cesarense, mas os primeiros minutos foram um autêntico terror. A abrir o jogo, o mexicano Junior Maleck adiantou os dragões, que só não chegaram ao segundo logo de seguida porque João Lameira desperdiçou uma grande penalidade. “Esse foi o momento mais importante do jogo”, assume Gonçalo, já que, “se o FC Porto marcasse o segundo golo, ia ser muito mais complicado recuperar”.

“Mas a verdade é que falhou, e deu aquela esperança”, que ficou mais forte já perto do intervalo, quando Batistuta empatou o jogo. A segunda parte foi intensa, com as duas equipas a procurarem o triunfo, mas tudo se havia de decidir apenas na parte final, com um nome a sobressair. Aos 78 minutos, Gonçalo Azevedo adiantou o Cesarense, e no último lance do jogo fechou o resultado. Dois golos oportunos, nos quais estava “no sítio certo, à hora certa”. “Acreditei nos meus colegas, que eles iam olhar para mim e passar-me a bola, e eu acabei por ser feliz na finalização”, acrescenta.

O médio de caraterísticas ofensivas sublinha a capacidade do Cesarense em “dar a volta àquele arranque” menos bom de jogo, o que “demonstra a grande capacidade da equipa em responder às dificuldades”. Menos bom foi o que se passou no final, com cenas de violência a invadirem o relvado. Gonçalo ficou “um bocado chocado” com o que viu, e preferiu afastar-se da barafunda que se instalou. “Fiquei atrás, a ver como aquilo se ia resolver, porque estava muita confusão. É mau uma vitória daquelas ser mais lembrada por aquelas cenas”, lamenta.

Brigas à parte, o jovem, que nunca conheceu outra camisola que não a do Cesarense, acredita que a equipa poderia “estar a fazer um campeonato muito melhor”, mesmo que este seja o ano de estreia na 1.ª Divisão Nacional de juniores. “A manutenção é um objetivo realista, mas temos equipa para fazer muito mais. Poderíamos estar muito mais perto dos quatro primeiros lugares, para irmos à fase do apuramento do campeão”, completa.

Feirense apura-se para a fase de subida
Na Série B da 2.ª Divisão Nacional, o Feirense garantiu, a duas jornadas do fim, o apuramento para a fase que irá ditar os clubes que serão promovidos ao principal escalão nacional de juniores. O passaporte foi carimbado após a vitória caseira diante do Sousense, por 4-1, num jogo em que brilhou Rúben Fonseca, autor de um 'hattrick'. Vasco Vieira apontou o restante tento fogaceiro.

Na luta pela restante vaga continuam Sp. Espinho e Oliveirense, sendo que os Tigres estão em melhor posição relativamente à União. Em Arouca, que é penúltimo com nove pontos somados, os espinhenses venceram por 3-0, com golos de Hugo Chang, que bisou, e Filipe Oliveira, e mantêm-se a três pontos do segundo classificado, o Penafiel, equipa que defrontam na última jornada.

Quanto à Oliveirense, que está a cinco pontos de distância da vice-liderança, somou a terceira vitória consecutiva no campeonato diante do Nogueirense. 4-1 foi o resultado, num jogo em que os forasteiros até marcaram primeiro, por Tiago Garcês. Valeram à União os tentos de José Sacramento, que bisou, de Diogo Barros e um autogolo, que selaram a reviravolta.

Na Série C, o Beira-Mar, que é segundo classificado, também está muito perto de se qualificar para a fase de subida. Os aveirenses bateram o Sp. Covilhã na última ronda (2-0, marcaram João Ramos e Cláudio Carrão), e têm cinco pontos de avanço sobre o Eirense, que é terceiro. Arredado da corrida está o Anadia, quarto colocado, que na última jornada foi derrotado, em casa, pelo líder da Série, o Tondela (4-0).

Fotografia
Futebol Clube Cesarense

12 de Janeiro de 2018
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas