ARCA e Atlético do Luso baixam à 2.ª Divisão na ronda que consagrou o Arouca

A ronda que confirmou o título do Arouca não trouxe mexidas na classificação do Campeonato Grande Hotel de Luso. O trio da frente venceu e, no fundo da tabela, ARCA e Atlético do Luso viram confirmada a queda ao segundo escalão de Aveiro.
No jogo que abriu a ronda, os polos tocaram-se, com o líder Arouca a derrotar o ‘lanterna vermelha’ Atlético do Luso por 13-0. Hélder marcou por cinco vezes, Sérgio Costa completou um ‘póquer’, e Paulo Bastos, Passarinha, Pipokah e Tiago Ribeiro também faturaram pelos arouquenses, que festejaram logo ali o título de campeões distritais.

No segundo posto mantém-se o Dínamo Sanjoanense, que venceu, na Palhaça, a ADREP, por 6-5. Pedro Sousa bisou pelos de S. João da Madeira, tendo Paulo Azevedo, Estrela, João e Tiago Lopes igualmente marcado. Pelos locais, marcaram Rafael, Gil, Jony, Pinho e o guardião Rafa.

O pódio fica completo com a Juventude de Fiães, que ganhou ao Azagães por 6-1. Os fianenses já venciam ao intervalo por 3-0, com golos de Mica, Emídio e Mix, tendo repetido a dose no segundo tempo, marcaram Maric, Moisés e o guarda-redes Nuno Couto. Pelo meio, Artur Costa reduziu.

Mais apertada foi a vitória do Arrifanense na receção ao Bairros. 5-4 foi o resultado, num jogo em que Dany completou um ‘hat-trick’ pelos verde e brancos, e Nuninho bisou pelo conjunto de Castelo de Paiva.

Já o Beira-Ria, derrotou a Casa do Povo de Esgueira por 5-2, com três golos de Teófilo, um de Hernâni e outro de Peixinho. Carlitos e Xavier atenuaram a diferença no marcador.

Bem mais emocionante foi o duelo entre Fundo de Vila e Gafanha, que terminou empatado a sete bolas. Dany, com um ‘hat-trick’, e Valter, que bisou, foram as figuras do conjunto de S. João da Madeira, tendo Fred completado uma ‘manita’ pelos visitantes.

A fechar, realce para a igualdade entre ARCA e PARC (4-4), num jogo que teve uma reta final de loucos. Ao intervalo, o marcador registava um empate a uma bola, que seria desfeito aos 26 minutos, por Marco. Pouco depois, Rúben fez o 3-1 para o conjunto de Pindelo, até que chegou o minuto 33, que teve um golo para cada lado. A PARC entrou no último minuto a vencer por 4-2, mas o ARCA ainda teve forças para evitar o desaire, graças aos remates certeiros de Pedro, que bisou, e David.

30 de Abril de 2018
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas