Antevisão e análise da 1.ª Divisão Distrital por José Alexandre

A jornada
A segunda jornada da 1.ª Divisão Distrital veio confirmar a superioridade do Vista Alegre, com uma vitória sem contestação frente ao Paços de Brandão, a mais-valia do Fermentelos, que com alguma dificuldade foi vencer ao terreno do Antes, a qualidade esperada do Alvarenga, que soube reagir à adversidade e foi vencer ao terreno do Arrifanense por 1-2, e, por último, a competência do Mansores em casa do frágil Calvão. No lote das equipas que lutarão pela manutenção, de realçar a segunda vitória consecutiva do São Roque, desta vez frente ao estreante CRAC, e o empate entre o Valecambrense e o Pinheirense.

O destaque
Três destaques nesta jornada. O empate da Geração RD no terreno da LAAC, com duas leituras importantes: a primeira é que a formação de Aguada de Cima só conseguiu o empate no dealbar do tempo de compensação. A abnegação da formação de Mico saiu premiada, castigando da mesma forma o trabalho meritório da equipa de Edimiro Oliveira, mas mostrou, claramente, as debilidades defensivas da equipa da casa, que em dois jogos sofreu seis golos, o que para um candidato pode-se revelar decisivo nas contas finais.

O segundo destaque vai para o Alvarenga, com os três pontos conseguidos no sempre difícil terreno do Arrifanense. Depois de ter perdido em casa com a LAAC, era fundamental uma resposta forte da equipa de Hugo Oliveira que, para este jogo, já contou com Tika, um reforço de peso e de nível único neste campeonato.

Por último, mas não menos importante, a enorme “remontada” do Macieirense no campo da ACRD Mosteirô. A equipa da casa vencia por 2-0 aos 22 minutos, mas o golo do inevitável Roma aos 40+6 foi o estímulo que a turma de José Carlos Borges precisava para uma segunda parte de grande nível, alcançando uma goleada por 2-5 no final da partida.

A antevisão
Já com a receção do Mansores ao São Roque realizada, com a vitória tranquila da equipa da casa por 4-0, a terceira jornada traz alguns jogos com potencial de equilíbrio elevado, que valerão a pena seguir. O encontro entre Alvarenga e a Geração Rui Dolores tem a particularidade de percebermos se a formação visitante está em crescendo ou se conseguiu um tiro de sorte no terreno da LAAC. Para além deste duelo, realce para os confrontos entre Arrifanense e Argoncilhe, na luta por um lugar no top 8, e entre Paços de Brandão e Valecambrense, no lote das equipas que querem a manutenção o quanto antes.

27 de Setembro de 2019
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas