Antevisão e análise à 1.ª Divisão Distrital por José Alexandre

A jornada
A 7.ª jornada da 1.ª Divisão Distrital trouxe mais uma prova de força e qualidade do Fermentelos que, na receção à LAAC, um dérbi sempre aguardado, venceu de forma categórica por 3-0. O empate entre Mourisquense e Vista Alegre a três golos foi, sem dúvida, o jogo da jornada no que se refere à emoção e às mudanças no marcador. Um golo do “enorme” Resende ao minuto 90 é o exemplo perfeito do equilíbrio e da emoção. Uma palavra ainda para as primeiras vitórias do Antes - em casa da ACRD Mosteirô – e do Pinheirense, no sempre difícil terreno do CRAC.

O destaque
É impossível, nesta altura do campeonato, não destacar o percurso incólume do Fermentelos liderado por Tó Miguel, que conta por vitórias todos os jogos realizados, entre eles em casa contra o Vista Alegre e a LAAC, equipas que também lutam pelo objetivo de subir de divisão. Já se sabia que a formação do concelho de Águeda tinha expetativas elevadas na competição, mesmo não se assumindo como candidata. Mas quem tem atletas com a valia de João Figueiredo, Alex, Mané, Vela (como joga este menino) e Mendonça parte sempre à frente. Este ano conta ainda com um João Tavares que me parece, finalmente, alinhado entre o potencial que sempre teve desde criança com o aspeto mental de levar as coisas a sério, com rigor e profissionalismo. Se assim for, pode ser diferenciador como foi no último domingo, no qual marcou dois golos, e como tem sido desde o início, sendo a par de Roberto, com seis golos, o melhor marcador da prova.

A antevisão
A forma como se reage a uma derrota é um dos predicados das equipas campeãs. Saber dar a volta a um resultado negativo mostra que, apesar de qualquer percalço, a equipa está preparada para cumprir com os objetivos delineados. Estou por isso expectante para perceber como é que a LAAC vai estar domingo, frente a um Macieirense que também não quer perder. A deslocação do Alvarenga a casa do Antes também me desperta curiosidade. A formação bairradina está motivada e tem Roberto sempre em grande, mas os visitantes contam com a inspiração de Mika e Tika. Na luta pela manutenção os confrontos entre Calvão e Mosteirô e Paços de Brandão e CRAC podem já começar a “cavar” algumas diferenças importantes.

1 de Novembro de 2019
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas