Paulo Ferreira quer prolongar o bom momento para elevar o clube do coração

O São Martinho venceu o Santiais por 3-1, em jogo da zona norte da 2.ª Divisão Distrital, no qual Paulo Ferreira foi o protagonista, ao apontar um “hat-trick”. O avançado, que regressou ao clube da terra e do coração, admite que a equipa do concelho de Castelo de Paiva tem de aproveitar o bom momento para se superar no campeonato.

Os seus golos permitiram ao São Martinho alcançar o segundo triunfo consecutivo na zona norte do campeonato, sendo que o avançado, de 31 anos, considera que é fundamental que a equipa continue motivada para poder manter o ritmo nos próximos tempos.

“Qualquer jogador gosta de marcar três golos num jogo, mas é bom, sobretudo, porque somámos mais três pontos. A ideia é conseguir dar continuidade àquilo que se fez, porque, de outra forma, os três golos e o triunfo perdem um pouco do valor”, defende, salientando que “a equipa sempre esteve motivada e animada”. “Contudo, os resultados nem sempre mostram o trabalho que desenvolvemos. A equipa é jovem, falta-lhe um pouco de experiência, mas tem muita qualidade. Podemos fazer mais e melhor no campeonato”, admite.

O avançado, que se formou no Paivense e no São Martinho, passou, já sénior, por Mansores, Sabariz e São Lourenço do Vouga. Entretanto, decidiu regressar ao clube da terra “porque as pessoas estão muito envolvidas e muito próximas umas das outras”.

“É por disso que tudo se torna mais especial quando conquistamos algo mais do que o que estamos habituados”, revela, acrescentando que não tem a ambição de jogar noutra equipa no futuro. “É o clube da minha terra e é por ele que gostaria de conquistar mais coisas boas”, afirma.

Dupla da frente vence na zona sul
O Santiais ainda chegou a igualar a partida com o São Martinho, com um golo de Carlos Maia, mas Paulo Ferreira completou o “hat-trick” e deu o triunfo à formação de Castelo de Paiva.

Nos restantes jogos da zona norte, o Válega continua sem sofrer golos ao fim de 10 jogos consecutivos, já que venceu no reduto do Real Nogueirense por 1-0, graças a um golo de Faria. Já a Florgrade FC, que segue na liderança e numa série de seis jogos sem sofrer, venceu por 7-0 na receção ao Caldas de São Jorge, com tentos de Edu, Marcelo, Nuno Fruta, Sá, André Ribeiro e um “bis” de Guerra.

Na 15.ª jornada, a AD Nogueira da Regedoura, que é vice-líder, bateu o Romariz (2-0), em casa, com golos de Nélson Ferreira e Bruno Barros, enquanto o Lusitânia de Lourosa B derrotou o Lobão por 2-1. Os lusitanistas adiantaram-se no marcador na sequência de um autogolo. Diogo Santos ainda restabeleceu a igualdade, mas um golo de Diogo Azevedo, perto do final da partida, deu o triunfo aos lourosenses.

Quem também venceu em casa, mas por 3-1, foi o Macieira de Cambra, que viu Miguel Gandra colocar o Sanguedo na frente. Contudo, um autogolo e um “bis” de André Garcia valeram o triunfo aos anfitriões.

Resultado idêntico verificou-se no triunfo do Tarei sobre o Fermedo, o segundo no campeonato da equipa do concelho de Santa Maria da Feira. Rui Rocha colocou a formação de Arouca na frente, mas o Tarei deu a volta ao marcador mercê de um autogolo e dos tentos de Ricardo Ferreira e Nuno Soares.

Quanto ao Milheiroense foi vencer ao terreno do Vila Viçosa por 1-0, com um tento de Daniel Maia, numa ronda em que o Relâmpago Nogueirense empatou 1-1 com o Mosteirô FC. Márcio Silva deu vantagem aos forasteiros, com Miguel Zenha a restabelecer a igualdade.

Na zona sul, o Valonguense, que é líder, mantém a distância pontual para o JuveForce, após o triunfo por 4-2 na visita ao Sosense, com golos de Diogo Santos, Ricardo Dias, Telmo Lemos e Adriano Silva, tendo Leandro Neves e Jorge Marquez marcado para a equipa da casa.

O JuveForce esteve a perder com o Vila Nova de Monsarros, após um golo de Jovane Cruz, mas os tentos de Filipe Simões e João Mendes fixaram o resultado em 2-1 para o vice-líder, verificando-se resultado idêntico no triunfo do Ribeira de Azenha sobre o Famalicão, com golos de Paulo Pinto e Matheus Pereira, numa partida em Kaio Silva marcou para os forasteiros. Já o Aguinense esteve a perder, em casa, diante do Mealhada, mas acabou por fixar o 1-1 final depois de um golo de Fábio Parreira.

A jogar em casa, o Beira-Vouga bateu o Rocas do Vouga por 3-1, com os tentos de João Ferreira, Tomás Almeida e Pedro Caetanos, com os forasteiros a reduzirem através de um autogolo, verificando-se resultado idêntico na vitória do Mamarrosa sobre o Carqueijo.

Quem também venceu em casa foi o Águas Boas, derrotando o Bom Sucesso por 4-3, mercê dos golos de Ricardo Rebelo, Paulo Santos, Jorge Duarte e Igor Veiga, com Paulo Batista e Bruno Matos, que bisou, a reduzirem para os forasteiros.

Ainda na 15.ª jornada, o Bustos foi vencer ao terreno do Paredes do Bairro por 4-2, com os tentos de Gonçalo Gonçalves, Sarabando, Espanhol e Válter, enquanto o Vaguense triunfou por 3-0 na visita ao Santo André, com golos de Daniel Lopes, Filipe Martins e José Pandeirada.

Fotografia
Direitos Reservados

20 de Janeiro de 2020
Vítor Hugo Carmo
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas