Olheiros de Elite: As escolhas de Sérgio Oliveira e José Alexandre Silva para a Liga Virtual

O mercado de transferências da Liga Virtual do Campeonato SABSEG está de portas abertas até ao próximo domingo. Para os treinadores de bancada à procura de acrescentar qualidade aos seus plantéis, há muitas opções a ter em conta, algumas das quais elencadas pelos Olheiros de Elite da AFA TV, José Alexandre Silva e Sérgio Oliveira.

Depois de ter previsto a tarde de glória de Pedro Sá (CD Paços de Brandão), José Alexandre Silva foi de extremos no relatório para a 8.ª jornada. Assinala dois goleadores, Cabilhas (CCR Válega) e Diogo Mendonça (SC Fermentelos), mas também um guarda-redes, Diogo Almeida, o dono da baliza do SC Beira-Mar.

Já Sérgio Oliveira acredita que o próximo domingo trará muitos golos. Yonder, do Florgrade FC, é o homem de área a ter em conta, mas também os médios ofensivos Tigas (AD Ovarense) e Rodrigo (SC Vista Alegre), segundo o Olheiro de Elite.

Para te inscreveres na Liga Virtual do Campeonato SABSEG basta inscreveres-te aqui. Forma o teu plantel de sonho, escolhe os titulares e o capitão de equipa e vai a jogo com a AFA TV.




Yonder (Florgrade FC)

O jogo é de tripla e dentro das quatro linhas estarão dois dos plantéis mais valiosos deste campeonato. A versatilidade do possante avançado venezuelano permite que a sua equipa adote vários sistemas ao longo do encontro. Num futebol de posse, em profundidade ou num jogo direto, Yonder será certamente uma ameaça constante à baliza adversária.

Tigas (AD Ovarense)
O empate na última jornada poderá ditar o regresso ao 11 do virtuoso ala da Ovarense. Perante a difícil deslocação a Fiães, espera-se uma amarra tática da equipa de Pedro Alves e ninguém melhor do que o génio de Tigas para poder desbloquear o encontro.

Rodrigo (SC Vista Alegre)
A equipa de Norton de Matos está melhor e mais confiante mas, na deslocação ao terreno do Vista Alegre, terá pela frente uma equipa que tem vindo a melhorar e que tem em Rodrigo o seu principal intérprete. Com um alargado repertório, o camisola 10 pode, a qualquer momento e de qualquer lugar, fazer a diferença, a marcar ou a assistir.




Cabilhas (CCR Válega)

O golo que fez no último domingo frente ao Estarreja serve de cartão de visita de um dos avançados mais experientes da competição, que encontrou em Válega o sítio certo para jogar semana após semana. Contra um Fermentelos a viver um momento difícil, tem tudo para fazer golo.

Mendonça (SC Fermentelos)
Fermentelos e Válega estão em momentos semelhantes no campeonato, mas têm demonstrado que, independentemente do resultado final, criam oportunidades e podem fazer golos. De regresso à titularidade, o faro de avançado de Mendonça mantém-se intacto e, por isso, os golos vão acabar por ser naturais.

Diogo Almeida (SC Beira-Mar)
Se é um facto que o Beira-Mar está invicto na competição e faz sempre golos em todos os jogos, isso não invalida que Diogo Almeida, na baliza, não cumpra na perfeição o papel dele. No último domingo foi, inclusivamente, considerado a peça fundamental para a vitória auri-negra.

22 de Outubro de 2021
Final Version
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas