João Duarte é o Jogador do Ano da Prova Final da 2.ª Divisão Distrital

Foi o melhor marcador da Prova Final da 2.ª Divisão Distrital e mereceu a preferência dos capitães das equipas que participaram na competição promovida pela Associação de Futebol de Aveiro. João Duarte, avançado do CDC Macieira de Cambra, foi eleito o MVP de um 11 do Ano em que predominam atletas da ADC Sanguedo, finalista derrotado da competição, que conta com cinco jogadores na equipa ideal.

O avançado do CDC Macieira de Cambra terminou a época com oito golos apontados, registo que lhe valeu o primeiro lugar da lista dos melhores marcadores da prova. João Duarte voltou a não deixar os seus créditos por mãos alheias. É que, na temporada 2019/2020, com a competição suspensa à 22.ª jornada, o avançado contava já 15 golos marcados em 16 jogos pelo CCR Vila Viçosa.

Na época recentemente terminada, o artilheiro foi um dos jogadores mais influentes do CDC Macieira de Cambra, marcando, inclusivamente, o golo que valeu a vitória à sua equipa na final frente à ADC Sanguedo. João Duarte obteve quatro nomeações, que lhe valeram o estatuto de Jogador do Ano, mais uma do que André Garcia, médio que é seu colega de equipa.

A baliza do 11 do Ano pertence a Fábio Coelho, que regressou na última época à ADC Sanguedo. Na fase de grupos da Prova Final da 2.ª Divisão Distrital, o guardião sofreu apenas dois golos.

Quanto ao quarteto defensivo é composto, nas alas, por Pedro Vieira (CRC São Martinho) e Hélder Félix (ADC Sanguedo), ficando a zona central destinada a Manuel Castro (ADC Sanguedo) e Neves (GD Milheiroense).

André Garcia, do CDC Macieira de Cambra, ficou no segundo lugar dos nomeados para Jogador do Ano e tem lugar garantido no meio-campo do 11 do Ano. Utilizado por diversas vezes em posições mais adiantadas do terreno, apontou seis golos na última época, ele que está na quarta temporada consecutiva na formação de Vale de Cambra. Ao seu lado tem João Brito, da ADC Sanguedo, e Carlos Castro, da AR Aguinense, sendo que o trio ficou empatado no número de votos dos capitães, cinco.

No ataque surge o Jogador do Ano, João Duarte, acompanhado por Tiaguinho (ADC Sanguedo) e Hélder Resende (Relâmpago Nogueirense), este último conhecido por Carapau, que chegou a vencer a Liga de Futebol Popular de Espinho pelo GD Ronda. Tiaguinho e Gonçalo Silva (CD Tarei) amealharam quatro votos dos capitães, sendo que ambos apontaram quatro golos. O avançado da ADC Sanguedo ganha um lugar no 11 do Ano ao superar Gonçalo Silva no critério de desempate que se segue, o número de jogos disputados.

O 11 do Ano e a distinção do Jogador do Ano foram definidos a partir das escolhas dos capitães de todas as equipas que participaram na Prova Final da 2.ª Divisão Distrital, que tinham como única regra não poderem escolher atletas da sua própria equipa. As votações podem ser consultadas na galeria em baixo.
 

15 de Julho de 2021
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas