Rochinha de pontaria afinada no arranque vitorioso do Águas Boas

O Águas Boas entrou a todo o gás na Série C da 2.ª Divisão Distrital, e em muito o deve à pontaria de Rochinha, que completou um 'póquer' na goleada por 5-0 na casa do Sosense. “Não digo que tenha sido especial, mas foi um jogo importante”, admite o avançado, que nunca conheceu outro clube que não o da terra onde nasceu.

A época até começou com desaire frente ao Beira-Vouga (4-2), para a Taça de Aveiro PECOL, mas no campeonato, a história foi bem diferente. Na estreia na Série C – o jogo com o CRAC, da ronda inaugural, foi adiado – o Águas Boas venceu o Sosense, quebrando uma malapata no Estádio dos Lagos, em Sosa, que durava desde 2014.

“Aquele tem sido um campo difícil. Nos últimos anos, não tínhamos ganho lá. Começávamos sempre a ganhar mas, depois, acabávamos por empatar ou perder”, explica Rúben Rocha, Rochinha dentro das quatro linhas, que acredita que o historial recente de confrontos com o Sosense ajudou ao avolumar do resultado: “Como já tínhamos noção disso, e apesar de começarmos a ganhar, tentámos sempre marcar mais golos, para não acontecer o mesmo que nos anos anteriores”.

A contagem só parou nos cinco, sendo que quatro foram da sua autoria (o restante golo foi apontado por Gi), algo que “é sempre um prémio, mas não é o mais importante”. O que mais o satisfez foi “começar o campeonato a ganhar”, ele que, com o 'póquer' do último domingo, repete uma marca que alcançou, igualmente, no final época anterior. “Não é todos os dias que isso acontece”, admite.

Nascido e criado em Águas Boas, localidade da freguesia de Oiã, Oliveira do Bairro, Rochinha nunca conheceu outro clube ao longo da carreira. “Joguei aqui a minha vida toda, desde os oito ou nove anos. É o clube da minha terra. Sempre gostei de jogar aqui, não faz sentido trocar”, salienta.

Requeixo continua imparável na Série B
A Série C da 2.ª Divisão Distrital de Aveiro é liderada pelo Bustos, a única equipa a vencer nas duas primeiras jornadas. O segundo triunfo no campeonato foi alcançado em Vila Nova de Monsarros, por 4-0, marcaram Bruno Vieira, que completou um 'hattrick', e Tiago Reis.

Na Série A, São Roque e Argoncilhe dividem a liderança. Os oliveirenses ganharam em Lobão (3-1), enquanto os argoncilhenses venceram, em casa, o Fermedo (1-0), graças ao tento solitário de Tiago Oliveira.

Finalmente, na Série B, o Requeixo continua imparável. Dois jogos, dez golos marcados e nenhum sofrido, um registo impressionante, que lhe vale a liderança, partilhada com o Pessegueirense. Na segunda jornada, o Requeixo bateu a Ovarense por 6-0, enquanto o conjunto de Pessegueiro do Vouga derrotou o Pinheirense por 1-0, marcou Rubinho.

Fotografia
Direitos Reservados

13 de Outubro de 2017
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas