Recuperar e crescer: eis o lema que levou a AFA a bater o recorde de inscrições

Diz o ditado que “depois da tempestade vem a bonança” e a verdade é que os resultados da Associação de Futebol de Aveiro (AFA) durante a temporada 2021/22 podem bem comprová-lo. Depois dos condicionalismos da época anterior, sobejamente marcada pela adversa situação pandémica vivida em Portugal e no mundo, que impactaram fortemente o número de atletas inscritos, o ano desportivo que há pouco terminou foi de recuperação e crescimento, e terminou com um recorde absoluto no número de federados.

Numa clara inversão de contexto, 2021/22 chegou ao fim com 16736 atletas inscritos na AFA, número histórico que recoloca Aveiro na tendência de crescimento que vinha sendo habitual.

“O recorde significa que os objetivos foram alcançados. Vínhamos de um período pós-Covid, em que a palavra-chave era “resiliência”, e há que realçar o trabalho dos clubes e dos seus dirigentes, sem os quais a AFA não teria chegado a estes números”, afiança Paulo Araújo, vice-presidente da associação, que destaca os “indicadores muito positivos pelo aumento significativo do futebol feminino”, enquanto lembra a “enorme margem de progressão até 2030” da vertente.

“O futebol feminino tem sido uma aposta da AFA e temos tido resultados muito positivos. Temos a convicção de que há cada vez mais consciência e reconhecimento dos clubes em relação à sua importância e queremos continuar a estar na frente do contexto nacional quanto à promoção do futebol feminino diz respeito”, explica.

Os números atuais refletem um crescimento de 27,8% quando comparados com os registos de 2020/21 – ressalvando-se, porém, a interrupção registada neste último ano por culpa do surgimento da Covid-19 –, e um aumento na ordem dos 2,9% em relação a 2019/20, o que reforça as fortes dinâmicas implementadas.

“Temos de continuar com estas dinâmicas, porque em equipa que ganha, não se mexe. Queremos ir sempre mais longe, somos ambiciosos e na próxima época queremos voltar a bater o recorde”, conclui Paulo Araújo.

CD Feirense lidera em número de atletas

O CD Feirense terminou a temporada 2021/22 com 468 atletas inscritos, número que catapulta o clube para o primeiro lugar da tabela de clubes com mais federados. Segue-se o SC Beira-Mar, com 438, sendo que, destes, 346 são da modalidade de futebol e 92 são da de futsal. A fechar o pódio, a AD Taboeira, com 421 atletas.

O Lusitânia de Lourosa FC ocupa a quarta posição, com 404 jogadores, sendo 320 de futebol e 84 de futsal, e é seguido pela AD Sanjoanense, que fechou a época com 370 inscritos. Ligeiramente abaixo, a UD Oliveirense registou 350 inscrições, enquanto o Fiães SC terminou o ano com 335 atletas.

No Top-10 surgem ainda o GD Gafanha, com 223 inscrições em futebol e 97 em futsal, num total de 320 jogadores, seguindo-se o SC Espinho, com 282, e o Oliveira do Bairro, com 271, sendo 249 de futebol e 22 de futsal.

1 de Agosto de 2022
Final Version
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas