Quatro primeiros são objetivo para garantir a manutenção do FC Cesarense

A temporada 2021/22 foi de sucesso para o FC Cesarense e a receita é para repetir na época que se aproxima. Miguel Oliveira chegou ao clube numa altura em que a edição passada do Campeonato SABSEG já decorria, depois de “um início atribulado”, e pretende dar sequência ao trabalho feito com a garantia de uma manutenção antecipada.

Mesmo não tendo começado o último campeonato da melhor forma, o clube da Vila de Cesar chegou ao final da primeira fase da elite aveirense num dos quatro primeiros lugares da zona Norte, tendo assegurado, desde logo, a permanência. “A equipa estabilizou e conseguimos fazer uma recuperação na tabela classificativa que nos permitiu ficar entre os quatro primeiros lugares e garantir desde logo a manutenção, que era o objetivo prioritário”, recorda Miguel Oliveira, que sublinha o “feito enorme” que orgulhou todo o clube.

Para o técnico, as ambições para este ano “terão de ser idênticas às da última época”, até porque o modelo competitivo se mantém. “O nosso objetivo é a manutenção no Campeonato SABSEG e vamos tentar alcançar um dos quatro primeiros lugares”, aponta, antevendo uma prova “ainda mais difícil do que a do ano passado, principalmente na zona Norte”.

“Em teoria e pelas contratações que os clubes têm feito, há equipas bem mais fortes do que na última época”, acrescenta o treinador, que procura “colmatar as saídas de jogadores importantes” num ano em que os reforços são maioritariamente “provenientes de divisões inferiores”. De qualquer forma, a ambição passa pela construção de “um plantel homogéneo, capaz de estar numa elite que será muito dura e difícil”. E “um ou dois jogadores” mais seriam bem-vindos, assume:

“Os treinadores querem sempre mais e dizem sempre que o plantel não está fechado. Se perguntarmos à direção, se calhar dizem que está fechadíssimo. Eu acho que há espaço para a entrada de mais um ou dois jogadores decisivos, que fizessem a diferença e que seriam importantes”.

À partida para a segunda época na liderança do FC Cesarense – ainda que a primeira não tenha sido completa –, Miguel Oliveira diz estar “muito bem em Cesar” e, por isso, não fecha a porta a um projeto de longa duração. “Gosto do clube, dos dirigentes, dos adeptos e de toda a estrutura. Não sei o que o futuro trará, mas estou muito satisfeito por estar neste clube. Se me sinto bem, gosto de permanecer. É este o meu estado de espírito no futebol”.

Plantel do FC Cesarense
Guarda-Redes:
Pedro Justo, Gonçalo e Duarte;
Defesas: Renato, Catarino, Cancela, Daniel Santos, Pedro Matos, Alexandre Vieira, Gerson e Alexandre Santos;
Médios: Daniel Fernandes, Marcelo, Portal, Yorn, Mateus, Pedro Dias, Duarte e Mota;
Avançados: Tintim, Ricardo Tavares, Carlitos e Leonel.

Fotografia: FC Cesarense

25 de Agosto de 2022
Final Version
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas