Produtividade a Norte e a Sul na 2.ª jornada da 1.ª Divisão Distrital

Nos 12 jogos disputados na 2.ª jornada da 2.ª Divisão Distrital, foram 50 os golos apontados, o que perfaz uma média de mais de quatro golos por encontro. Uma ronda com produtividade comprovada a Norte e a Sul do distrito, na qual em apenas um jogo se festejou por uma única vez.

Começamos pela zona Norte e pela goleada da equipa B do Lusitânia FC de Lourosa, na receção à AD Nogueira da Regedoura (6-0). João Couto abriu a contagem com dois tentos, Gonçalo Castro ampliou já na segunda metade e, por fim, Rafael Ferreira vestiu a capa de destaque do encontro, apontando um ‘hat-trick’ em sensivelmente 10 minutos, fixando o resultado.

Mais modestos foram os triunfos do CD Paços de Brandão e da AD Argoncilhe, que, ainda assim, se colaram ao topo. Um golo de Tigas deu os três pontos à formação brandoense (1-0), na deslocação ao reduto do Relâmpago UFC Nogueirense, ao passo que a AD Argoncilhe triunfou em casa do SC Esmoriz (2-1), tendo respondido ao tento inaugural de Gabriel Ferreira com um ‘bis’ de Diogo Sousa.

Em Carregosa, empate (2-2) entre a turma local e a ACRD Mosteirô. Diogo Almeida, com dois golos, deu margem confortável aos forasteiros, mas Diogo Mota e Joca resgataram um ponto para a JD Carregosense.

Depois de folgar na ronda inaugural, o CD Arrifanense recebeu e bateu o Romariz FC (3-0). Chiquinho, Príncipe e Sandro Brandão construíram o resultado.

No jogo de maior incerteza da zona Norte, o GD Ronda superiorizou-se à ADC Sanguedo (4-3). Tiaguinho, com um ‘bis’, adiantou a equipa de Sanguedo, Filipe Maia respondeu para os da casa, e André Araújo voltou a dar vantagem de dois golos aos forasteiros logo no início da segunda parte. Ainda assim, a formação de Guetim nunca baixou os braços e conseguiu uma reviravolta fantástica, consumada por um golo de Vando e mais dois de Filipe Maia, que confirmou o ‘hat-trick’ e os três pontos já em cima do minuto 90.

Na zona Sul, SC Vista Alegre e Juveforce contam por vitórias os dois jogos até agora realizados. A turma de Ílhavo venceu em casa da UD Mourisquense (2-0), com ‘bis’ de Valter Tavares, enquanto a formação de Ponte de Vagos triunfou na Mealhada, com golos de Rui Neves e Filipe Simões (2).

O GD Calvão bateu, em casa, a AA Avanca (5-2). Zé Coelho, Nuno Monteiro, Jorge Gabriel, Zé Félix e Tó Félix marcaram pelos locais, ao passo que os forasteiros festejaram por Bruno e por intermédio de um autogolo de Jorge Gabriel.

Quem venceu, também, foi o GD Águas Boas, que, depois da folga na primeira jornada, teve uma estreia para recordar nesta edição da 1.ª Divisão Distrital, ao levar a melhor sobre o CDC Macieira de Cambra (4-3). Em jogo de parada e resposta, José Tavares adiantou os homens da casa, João Pedro respondeu e o médio do GD Águas Boas bisou, colocando o resultado em 2-1 ao intervalo. Na segunda metade, Rúben devolveu a igualdade ao marcador, Mauro Sousa voltou a dar vantagem aos locais, mas viu João Pedro empatar uma vez mais o encontro. A verdade é que as emoções estavam ao rubro, e mais ficaram em cima do minuto 90, altura em que José Tavares assegurou o ‘hat-trick’ e os três pontos para a formação da casa.

A AD Valecambrense, por seu lado, conseguiu o primeiro triunfo na prova (2-0) na receção à UD Bustos, com tentos de Gonçalo Bastos e Guilherme Barbosa, à semelhança do CCR Válega, que bateu a AR Aguinense (4-1), beneficiando dos golos de Gerson Salgado (2), Rúben Barge e Leandro Mendes. Pelo meio, João Simões reduziu pela formação de Aguim.

3 de Outubro de 2022
Grande Hotel Luso Natal
Instagram AFA
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas