Os gémeos que uniram o seu talento pela vitória da ACR Vale de Cambra no Campeonato Grande Hotel de Luso

Dylan é destro, Dany é canhoto. Os irmãos Nogueira em pouco diferem e juntaram o seu talento na mais recente vitória da ACR Vale de Cambra, já que cada um deles marcou um golo na partida frente ao GRC Telhadela, em jogo da 7.ª jornada do Campeonato Grande Hotel de Luso. Não foi a primeira vez que tal aconteceu em jogos oficiais, eles que vão provocando alguma confusão nos adversários pela sua semelhança física.

Dylan Nogueira e Dany Nogueira regressaram à ACR Vale de Cambra há duas épocas, ajudando a equipa a subir ao Campeonato Grande Hotel de Luso. Aliás, a carreira dos gémeos começou num clube vizinho, o GDC Lordelo, transitando depois para o GRC Ossela.

Foi no clube de Oliveira de Azeméis que tiveram a oportunidade de conquistar vários campeonatos distritais, taças, e até uma Taça Nacional, todos nos escalões de formação. Continuam inseparáveis no futsal, e é por isso que, aos 23 anos, acreditam que ainda podem fazer uso do conhecimento mútuo dentro da quadra para continuarem na senda das conquistas na modalidade. “Jogámos sempre juntos e há um entendimento muito grande dentro da quadra. De outra forma não poderia ser. Felizmente, estamos quase sempre ao mesmo tempo em jogo e não há propriamente uma disputa entre nós por um lugar na equipa”, explica Dany, revelando que, para além dos golos que cada um dos gémeos apontou, ainda houve quem ficasse confuso no jogo com GRC Telhadela.

“Um adversário veio pedir-me desculpa por uma falta que fez sobre o meu irmão, não conseguindo distinguir quem era quem. Avisei-o de que não tinha sido eu e acho que ainda ficou mais confuso”, conta Dylan.

Para Dany “tem sido uma boa carreira no futsal, sempre de aprendizagem, mas também de conquistas”. O ala não esconde o entusiasmo que é jogar com o irmão que ocupa posição idêntica na quadra, sendo que cada um vai contribuindo à sua maneira para as pretensões da equipa. “É muito bom jogar com o meu irmão e, como é óbvio, cada um já sabe o que outro vai fazer no jogo. A jogadas também resultam muito por causa disso. É a vantagem de nos conhecermos desde sempre”, assume, apontando a diferença de estilos entre ambos. “Normalmente sou eu que bato os lances de bola parada. Ele é mais estratega e pensa mais o jogo. Ele é destro, eu sou esquerdino”, refere.

Dany Nogueira acredita que depois do triunfo sobre o GRC Telhadela por 5-4, os gémeos estão ainda mais motivados e a equipa mais confiante, o que pode significar uma subida de forma nos próximos duelos do campeonato. “É sempre importante uma vitória para animar a equipa, até porque vínhamos de duas derrotas. Temos feitos mais para os resultados que temos tido, mas jogo a jogo vamos mostrar o nosso valor, porque há uma boa mistura de juventude e experiência no plantel”, afirma.

“Esta época não tivemos um bom início, daí que tenha sido importante vencer o último jogo. Julgo que vamos ser capazes de lutar pela subida de divisão se continuarmos a melhorar o jogo coletivo. Temos de jogar mais e melhor para amealhar pontos”, conclui o irmão Dylan.

Fotografia
Direitos Reservados

19 de Novembro de 2020
Vítor Hugo Carmo
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas