Olheiros de Elite: As escolhas de Sérgio Oliveira e Vasco Coelho para a Liga Virtual

O meio-campo é tido, com toda a propriedade, como o motor de uma equipa. É de lá que saem as jogadas de laboratório, onde se anulam investidas e, não raras vezes, onde moram os génios da bola.

A tudo isso, há que juntar os bónus de pontos que a Liga Virtual atribui por cada ação decisiva num golo, algo pelo qual todos os treinadores de bancada anseiam na hora de reforçar as suas equipas.

Não surpreende, por isso, que os Olheiros de Elite se tenham focado nessa zona do terreno no relatório da 12.ª jornada. Há médios para todos os gostos, box-to-box, criativos e goleadores, aos quais se junta um guarda-redes. Afinal todas as equipas se constroem a partir da baliza.

Esta semana, o mercado de transferência encerra no sábado, dia em que arranca a jornada. Em virtude do adiamento dos jogos AD Ovarense-Canedo FC e Oliveira do Bairro SC-SC Alba, cada treinador de bancada disporá de quatro transferências extra para poder utilizar.

Se ainda não tens uma equipa inscrita na Liga Virtual, podes fazê-lo aqui. Contamos contigo para o campeonato mais divertido do distrito. Bons jogos para todos!



Ovie Uzeh (ARC São Vicente Pereira)
A chegada de Marco Abreu ao comando técnico do São Vicente Pereira teve efeitos imediatos, com a conquista de 4 pontos em 6 possíveis frente a duas das equipas mais fortes da zona Norte. O modelo de jogo adotado favorece o médio Ovie Uzeh, que tem subido de rendimento e é uma escolha a ter em conta numa jornada em que a turma vicentina parte como favorita.

André Pinhal (SC Esmoriz)
A debilidade defensiva que a formação do Carregosense tem apresentado ao longo do campeonato poderá ser aproveitada por André Pinhal, que tem demonstrado ao longo da época que é um avançado a ter em conta. Tem intuição e enquadramento com a baliza e não enjeitará a hipótese de fazer mossa nesta jornada.

Carlitos (CD Estarreja)
A formação do Estarreja está mais consistente e procurará uma espécie de vingança no dérbi concelhio. O médio Carlitos é um dos jogadores que tem estado em evidência e poderá fazer a diferença no regresso a uma casa que conhece bem. Sabendo da generosidade de pontos sempre que um médio marca, é claramente uma das opções a ter em conta na Liga Virtual.



Carlos Oliveira (SC Bustelo)
Tem sido um atleta influente nas dinâmicas ofensivas da equipa. Dotado tecnicamente, tem vindo a aprimorar a sua capacidade tática com volume de jogo. Uma das suas principais características é a capacidade de romper linhas de pressão e criar instabilidade na organização defensiva adversária. É um elemento desequilibrador e responsável por assistências para golo. Terá uma margem de progressão que lhe permitirá ser um jogador mais completo.

Marco Sá (Florgrade FC)
Esta escolha assenta, essencialmente, pela qualidade e influência que tem no seio da equipa. Transmite segurança e realiza defesas que, por vezes, influenciam o resultado final. No jogo da última jornada, foi preponderante e um dos responsáveis pelo triunfo fora de portas, realizando uma defesa com o selo de golo. Sempre que interviu fê-lo com enorme qualidade.

Diogo Mota (CD Paços de Brandão)
É um atleta com alguma polivalência funcional, principalmente no último terço ofensivo. Não é explosivo no arranque inicial, mas consegue ser veloz depois de acelerar. É aquilo que chamamos na linguagem do futebol um "falso-lento". No esquema táctico do seu clube, tem ocupado a posição de avançado direito, todavia, devido às suas características, durante o decorrer do jogo apresenta movimentações/dinâmicas em que surge muitas vezes no corredor central, criando desequilíbrios e marcando golos. Já por quatro vezes fez o "gosto ao pé".

19 de Novembro de 2021
Final Version
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas