Olheiros de Elite: As escolhas de Sérgio Oliveira e Vasco Coelho para a Liga Virtual

Está aí a 32º jornada do Campeonato SABSEG e os Olheiros de Elite da AFA TV sugerem alguns nomes que podem fazer a diferença na tua equipa da Liga Virtual.

Sérgio Oliveira e Vasco Coelho ajudam-te a fazeres as melhores escolhas, apresentando as dicas para mais uma ronda da Liga Virtal.

Se ainda não tens uma equipa inscrita na Liga Virtual do Campeonato SABSEG podes juntar-te à maior competição virtual do distrito, clicando aqui, e divertires-te connosco. Bons jogos a todos!



Mendy (SC Fiães)
A fazer uma grande época no Águias de Vimioso, chegou a Fiães como um desconhecido, mas tem sido sempre titular. Tem 3 golos em 9 jogos, contra o Carregosa, pode ser importante. A ter em consideração nas escolhas para esta jornada.

Mika (AD Ovarense)
Após ausência por lesão, tem sido, nesta segunda fase, preponderante na luta pela sobrevivência da Ovarense, com 5 golos em 9 jogos. Contra um Esmoriz já condenado e em campo grande, pode fazer a diferença.

Nuno Damas (RD Águeda)
Tem sido um dos esteios na manobra defensiva da formação do Recreio de Águeda e é de enaltecer a forma como subiu de rendimento com a chegada de Fernando Pereira. É uma escolha assertiva para o eixo defensivo dos treinadores da Liga Virtual.




Bruno Silva (AD Ovarense

É um médio que geralmente se expressa pelo corredor interior, podendo interpretar as funções de nº 6, isto é, de médio de cobertura e de nº 8, funcionando como um segundo médio. Seja qual for a posição que jogue, o seu desempenho é sempre de grande profissionalismo e de uma entrega total ao jogo. Define-o como um médio cujas características intrínsecas são sempre altamente recomendáveis para qualquer treinador que aprecie alta rotação nas ações de jogo, principalmente na reação à perda de bola e no espírito de conquista que transmite em tudo que faz.

Tika (SC Fermentelos)
Avançado que num sistema de 4X3X3 atua pelos corredores exteriores. Todavia, num sistema de dois avançados o seu raio de ação também passa pelo corredor interior e consequentemente a abrangência espacial é maior. Jogador de ataque à profundidade onde introduz uma das suas grandes capacidades, a velocidade com ou sem bola. Esta sua valência faz com que crie muitos desequilíbrios na organização defensiva adversária e que por vezes se traduz em golos como aconteceu na jornada anterior.

Rui Silva (SC Bustelo)
Além da sua juventude, tendo uma margem de progressão enorme, é um atleta que reúne um conjunto de características de grande qualidade. Boa estampa física, muito forte no jogo aéreo, joga em diferentes posições, interpretando-as com muita qualidade, apresenta níveis de concentração/atenção durante o jogo que lhe permite efetuar uma leitura perfeita dos diferentes momentos do jogo. É de grande entrega ao jogo e daqueles que não dá um lance como perdido... um atleta a ter em conta!

6 de Maio de 2022
Final Version
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas