Olheiros de Elite: As escolhas de Sérgio Oliveira e Vasco Coelho para a Liga Virtual

Este fim de semana joga-se a 28ª jornada da Liga Virtual do Campeonato SABSEG e os Olheiros de Elite da AFA TV já têm as suas propostas a apresentar aos treinadores “digitais” que lutam pelo sucesso na competição.

Sérgio Oliveira e Vasco Coelho ajudam-te a fazeres as melhores escolhas, apresentando as dicas para mais uma ronda da Liga Virtal.

Se ainda não tens uma equipa inscrita na Liga Virtual do Campeonato SABSEG podes juntar-te à maior competição virtual do distrito, clicando aqui, e divertires-te connosco. Bons jogos a todos!



Esgueirão (Oliveira do Bairro SC)
Está cada vez mais um lateral-esquerdo de “corpo inteiro”. Ágil, com sentido posicional a defender e noção perfeita do timing de subir em apoio aos movimentos ofensivos. Apresenta-se firme na faixa esquerda e ao manter esta bitola aos 23 anos tem legitimidade para ambicionar uma carreira profissional. Um jovem talento a ter na retina.

Óscar Lopes (SC Vista Alegre)
Ficam-lhe bem os golos que tem marcado nas últimas jornadas, sobretudo pelo precioso contributo que tem dado à equipa na fuga à despromoção. É robusto, tem potência no remate, consegue sair bem das marcações e é um avançado que descai nas faixas com naturalidade. A maior virtude de Óscar é a sua resiliência em momentos de adversidade e agora que parece ter encontrado a fórmula para os golos pode ser um elemento importante para as próximas jornadas.

Emanuel Alves (ARC SV Pereira)
A epopeia da turma ‘vicentina’ nesta 2.ª fase, tem como um dos protagonistas maiores o Emanuel Alves. Móvel, capaz de jogar a toda a largura do ataque, marca há três jornadas consecutivas contabilizando 13 golos e prometendo mais alguns até ao término da prova. Aos 26 anos é um avançado cada vez mais culto nas suas movimentações e os golos são a prova dessa aquisição de experiência. A seguir.



Couto (FC Cesarense)
É um médio jovem e talentoso. Expressa-se pelo corredor central, onde faz valer as suas características intrínsecas, impõe-se através da sua cultura técnico/tática, pois tem uma boa relação com bola, e a qualidade no binómio receção/passe sobressai, essencialmente, nos processos ofensivos. O seu posicionamento e resposta ao momento da ausência da posse de bola é de grande qualidade. Na última jornada marcou o golo que originou a primeira vitória da sua equipa na fase de subida.

Drula (SC Paivense)
Um atleta que apresenta um bom porte físico/atlético. Por isso, consegue impor-se nos duelos individuais com facilidade. A forma como interpreta o jogo é feita com processos muito simples e com grande eficácia. Além disso, tem um papel preponderante nos lances ofensivos na área adversária, porque a sua presença em tal zona do campo tem-se traduzido em golos importantes, que permitem que a sua equipa vá na perseguição ao líder e alimente esperanças.

Gil Oliveira (SC Bustelo)
Jogador que atua pelo corredor central, e que funciona muito bem como terceiro médio, isto é, nesta posição poderá ter maior liberdade de movimentos, jogar mais próximo da baliza adversária e assim expressar-se com maior notoriedade. Em termos técnicos é evoluído, apresenta grande facilidade e qualidade no passe e remata com muita espontaneidade e colocação. Marcou um golo que permitiu à sua equipa somar mais um ponto e manter-se na luta da fuga à despromoção.

1 de Abril de 2022
Final Version
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas