Olheiros de Elite: As escolhas de Sérgio Oliveira e José Alexandre Silva para a Liga Virtual

Chegou o fim de semana das grandes decisões e os treinadores da Liga Virtual do Campeonato SABSEG vão ter de se inspirar para escolherem com critério apurado os jogadores que podem integrar as suas equipas. Para isso, os Olheiros de Elite, Sérgio Oliveira e José Alexandre Silva dão-te as dicas de que necessitas para atacar a última ronda da competição.

Entre as escolhas dos Olheiros de Elite estão dois guarda-redes que podem participar na final do Campeonato SABSEG, sendo que o CD Estarreja, que joga a decisão do 3.º e 4.º lugar da competição frente ao Canedo FC, também integra a lista, com dois jogadores sugeridos.

Não te esqueças, nesta etapa da Liga Virtual são permitidas 10 transferências, às quais podes acrescentar mais uma, caso não tenha sido utilizada na ronda anterior. Além disso, são permitidos 12 jogadores por equipa.

Mister, está na hora de decidir e escolher os melhores jogadores entre dois jogos da Prova Final que te podem levar à glória!



Mário (GDSC Alvarenga SAD)

A escolha é repetida, mas a justificação é simples: é o jogador mais preponderante desta fase final e lidera a lista de melhores marcadores. Foi decisivo na meia final, onde carimbou a passagem da sua equipa com um golo digno de registo. Talhado para as grandes decisões, o avançado reúne um conjunto de caraterísticas para ser escolha da maioria dos treinadores da Liga Virtual.

Nuno Dias (GDSC Alvarenga SAD)
Terá um papel preponderante nesta final, seja no decorrer do tempo regulamentar ou na lotaria dos penaltis. Estou em crer que este será o jogo em que Nuno Dias terá a soberana oportunidade de se afirmar como um dos melhores guarda-redes da atualidade a atuar no nosso distrito.

João Diogo (CF União de Lamas)
À semelhança de Nuno Dias, João Diogo também tem sido decisivo no trajeto imaculado dos ‘lamacenses’. Poderá assumir um papel de destaque caso o jogo se estenda à decisão dos onze metros e, nesse capítulo, os guarda-redes são os protagonistas maiores.



Resende (CD Estarreja)

Um dia, já há muitos anos, o menino Bruno Resende chegou à formação do Beira-Mar vindo do Válega. Na viagem de comboio, trazia muitos sonhos. Chegou às seleções nacionais jovens, teve uma carreira da qual se pode orgulhar, tal como eu me orgulho dele. Esta nomeação é a minha homenagem ao grande jogador e ao homem com H muito grande.

Artur (GDSC Alvarenga SAD)
Tive o privilégio de integrar uma equipa técnica, liderada pelo mister Paulino Silva, que tinha ao seu dispor atletas de qualidade imensa, como o Artur, um miúdo que começou nas escolas da Associação Desportiva de Taboeira e que, com a sua persistência e resiliência, chegou bem longe no futebol. Numa final, pode ser o elemento diferenciador.

Zé Bastos (CD Estarreja)
Fez-me dois golos numa final da supertaça de Aveiro, em 2015/2016, que demonstraram toda a sua qualidade nos grandes jogos. Ainda hoje me apetece entrar-lhe num carrinho de pé alto por causa desse jogo, mas o respeito que tenho pela sua carreira e pelo exemplo de perseverança e trabalho abnegado, fazem com que na última nomeação do ano, lhe dê este reconhecimento público.

25 de Junho de 2021
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas