O “póquer” sem “bluff” de Anselmo Duarte na vontade de vencer do AC Luso

Há três anos em Portugal, Anselmo Duarte, pivot do AC Luso, admite que a segunda vitória da sua equipa no Campeonato Grande Hotel de Luso faz justiça à “vontade de ganhar” do plantel, ele que completou um “póquer” na 10.ª jornada da competição.

Aos 29 anos, o jogador pretende continuar a mostrar as suas qualidades na “quadra”, apesar de ter interrompido a carreira no futsal para pisar os relvados, sendo que na época passada chegou a alinhar pela ADC Vila Nova de Monsarros, na 2.ª Divisão Distrital.

“Fui fazer cinco jogos na reta final do campeonato, mas não correu muito bem, porque quando já estava a chegar à minha melhor forma, acabei por me lesionar. Depois, decidi continuar no futsal e não sair mais da modalidade”, explica.

O jogador brasileiro vai na terceira época no AC Luso e diz-se satisfeito pela forma como se integrou na equipa e como se adaptou ao país, considerando que esta temporada “o início de campeonato não foi o melhor”.

“Pelos resultados, a época não está a correr bem, mas também aconteceram várias mudanças na equipa, chegaram jogadores novos e é natural que estejamos a passar por um processo de adaptação, que também é de crescimento”, defende, ele que se orgulha do “póquer” que ajudou a sua equipa a vencer a AD Travassô por 5-4 na recente jornada do Campeonato Grande Hotel de Luso.

“Conseguimos afirmar o nosso jogo e tivemos muita garra e vontade de ganhar. Isso deu-nos a vitória, além de que os meus colegas também estavam a meter a bola muito bem e eu soube aproveitar. Considero que estive inspirado, mas a equipa também. Temos de aproveitar esta vitória para continuarmos a crescer”, conclui.

Fotografia
Direitos Reservados

16 de Dezembro de 2021
Final Version
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas