Mourisquense pretende fazer época tranquila para se afirmar na Divisão de Elite

Pedro Moniz, treinador do Mourisquense, acredita que a sua equipa, que na época passada subiu à Divisão de Elite, tem condições para assegurar a manutenção de uma forma tranquila. O técnico admite que o plantel, que está praticamente fechado, dá garantias de competitivade no escalão máximo do futebol aveirense.

O treinador lembra que o Mourisquense “vai encontrar equipas com outros argumentos”, sendo que “algumas delas até já competiram nas provas nacionais”. Por isso, é comedido na abordagem à nova época. “Fico satisfeito porque o clube conseguiu manter grande parte do plantel da época passada. Com os reforços que garantimos, temos possibilidade de lutar pela manutenção. O objetivo é fazer uma época tranquila, para que o Mourisquense se afirme no campeonato”, revela.

O treinador da formação de Águeda vai pedir aos jogadores “empenho total nos treinos, e que encarem os jogos com o mesmo empenho dos treinos”, assumindo que, depois da prestação da época passada, “a mentalidade da equipa deverá manter-se, para tentar vencer jogo a jogo”.

Pedro Moniz tem o plantel praticamente fechado, contando com as renovações de Vasco, Ferreira, Fábio Diogo, Gustavo, André Barros, Bruno Saraiva, Luís, Xano Ferreira, Xano Santos, Mira, Brunito, Paulo Monteiro, Yanick, João Ricardo e Figo. Ao clube chegaram, também, os reforços Pedro Pires (ex-júnior), Abdel (ex-júnior), Katchana (ex-Pampilhosa), André Neto (ex-Famalicão), Cristiano (ex-Vista Alegre), Fábio Marques (ex-Macinhatense), Fábio Duarte (ex-Pampilhosa), João Melo (ex-Famalicão), Rosalvo (ex-Carqueijo), Ryan (ex-Carqueijo) e Tiago Goulart (ex-Valonguense).

Fotografia
UD Mourisquense

23 de Julho de 2018
Vítor Hugo Carmo
[email protected]
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas