Milos Jovicic não hesitou em mudar-se para Alvarenga e já correspondeu com um “bis”

O Alvarenga venceu o Mourisquense por 3-1, na 17.ª jornada do Campeonato SABSEG, com Milos Jovicic a mostrar os seus dotes de goleador no segundo jogo pela formação de Arouca. O avançado francês marcou os primeiros golos da sua equipa, consumando a cambalhota no marcador que catapultou o Alvarenga para o primeiro triunfo caseiro na competição.

Aos 22 anos, Milos Jovicic contou com a ajuda do colega de equipa Paul Moussinga para ingressar no Alvarenga. O atacante admite que jogar em Portugal era um desejo antigo, depois de ter representado clubes franceses como o Fontenay, o Vincennes e o Troyes. “O Paul é meu amigo e conseguiu colocar-me em contacto com as pessoas do Alvarenga. Chegámos a um etendimento muito facilmente. Confesso que não hesitei um segundo”, revela.

O avançado diz-se surpreendido com a qualidade do Campeonato SABSEG e está “focado em ajudar o Alvarenga a alcançar a manutenção”. “É uma competição onde a parte física é muito importante, mas há qualidade e competitividade. Além disso, os jogos não têm muitas paragens, dando mais emoção a quem joga e a quem assiste”, sublinha, acrescentando que quer continuar de “pé quente” para que o clube alcance os seus objetivos.

“Este foi o segundo jogo que fiz pelo Alvarenga e espero manter a inspiração. Os dois golos surgem do trabalho da equipa, mas também quero continuar a desenvolver o meu futebol, melhorando as minhas capacidades, se possível, com mais golos”, revela.

O jogador, que fez a sua formação no Fontenay, de França, diz-se satisfeito em Arouca, onde foi “bem acolhido”, considerando que “a amizade com Moussinga” foi importante para a sua integração. “É um plantel jovem, não tive grandes dificuldades. Estamos todos focados nos mesmos objetivos e é fácil fazer amigos”, conclui.

Fotografia
GDSC Alvarenga

24 de Janeiro de 2019
Vítor Hugo Carmo
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas