Luizão continua a marcar enquanto aguarda pela estreia na paternidade

Não está habituado a marcar muitos golos, mas já leva três na 1.ª Divisão Distrital. Luizão, defesa central do JuveForce, voltou a acertar nas redes da baliza adversária na última jornada e ajudou a sua equipa a garantir o triunfo diante do Antes (3-2). A poucas semanas de ser pai, o irmão de Cílio Souza, figura de proa do Beira-Mar, diz-se tranquilo enquanto não se estreia na paternidade.

Luizão admite que, em média, regista até cinco golos por época. Por isso, considera que a atual marca na 1.ª Divisão Distrital é mais do que satisfatória. “É um clube novo para mim, que não começou a época da melhor forma. Neste momento estou mais confiante e tenho conseguido ser oportuno. Temos uma boa equipa, mas que em alguns momentos pagou o preço da sua inexperiência. Quero ajudar, com golos e com a minha experiência, para que a JuveForce melhore no campeonato”, sublinha.

O defesa central chegou a Portugal com 18 anos para passar férias, mas ganhou uma oportunidade nos juvenis do Beira-Mar, numa altura em que o irmão, Cílio Souza, representava os seniores. Luizão recorda que “os conselhos do irmão foram importantes na fase inicial da carreira”, e orgulha-se de ter partilhado os relvados com ele. “Chegámos a jogar juntos no Gafanha, quando o clube subiu aos Nacionais. Nessa altura, os conselhos do meu irmão já não eram tão necessários. Foi um período bom, em que a nossa performance estava a um bom nível”, realça.

A poucas semanas de se tornar pai, Luizão admite que não sente qualquer tipo de ansiedade pela paternidade. “Foi um sonho de vida que sempre tive, e é óbvio que estou feliz. Sou uma pessoa bem tranquila fora dos relvados. Por isso, não sinto qualquer nervosismo. Quero continuar a desfrutar deste bonito momento da minha vida”, conclui.

Fotografia
Direitos Reservados

2 de Novembro de 2018
Vítor Hugo Carmo
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas