"Lourosa não vai parar por aqui"

Lourosa saiu à rua, ontem, para celebrar a conquista do Campeonato Safina, um feito que vale, duas temporadas depois, o regresso ao Campeonato de Portugal. Na hora dos festejos, o técnico, Luís Miguel Martins, dividiu os louros por toda a estrutura lusitanista, e elogiou os seus atletas: “Foram uns heróis”.

A vitória de ontem diante do Avanca (1-0), um adversário que vinha “em crescendo e que dificultou ao máximo a tarefa do Lourosa”, confirmou o título de campeão de Aveiro dos aurinegros, em 2017/2018. As celebrações arrancaram ainda no relvado do Estádio do Lusitânia FC, que acabou invadido, de forma pacífica, pelos adeptos do clube, após o apito final.

Luís Miguel Martins fala no “melhor campeonato de sempre” em Aveiro, e acredita que “o respeito tido pelos adversários” foi essencial para, a quatro jornadas do fim, a sua equipa poder conquistar o título. “Os jogadores trabalharam para isto com afinco. Foram uns heróis”, disse o técnico, à Lourosa TV, ele que aproveitou o momento para elogiar toda a estrutura do clube, e não conseguiu evitar as lágrimas na altura de agradecer ao filho, à esposa e aos pais: “Eles sofreram muito pela maneira como saí do U. Lamas e, hoje (ontem), estiveram aqui, comigo”.

Quando faltam quatro jogos para terminar o Campeonato Safina, e ainda há a Supertaça de Aveiro para disputar, o treinador garante que, até ao final da temporada, os jogadores vão “dignificar a camisola e provar porque foram campeões”. “Não vamos abrandar”, avisa, ele que acredita que “o Lourosa não vai parar por aqui”. “Eu e o presidente temos ambições, e o clube chegar muito longe, aos patamares cimeiros do futebol nacional”, remata.

Fotografia
Lusitânia de Lourosa FC

7 de Maio de 2018
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas