Linha Final: Geração RD à procura de fazer "coisas bonitas" na próxima época

O cancelamento da temporada 2019/2020 trouxe novas oportunidades a um leque de equipas que passavam por dificuldades nos respetivos campeonatos aquando da chegada da pandemia de Covid-19 ao nosso país. A Geração RD é um desses casos, com o clube a querer transformar as provações da época passada numa fonte de energia para uma participação na 1.ª Divisão Distrital bem mais positiva, em 2020/2021.

Depois do antepenúltimo lugar na última edição da prova, ainda que o registo pudesse ser melhorado nas jornadas que ficaram por disputar, a Geração RD encara a nova temporada com um projeto “bem ambicioso”, em que “não está fora de questão lutar pela subida”, assume Edimiro Oliveira. “Mas vamos com calma, porque não sabemos como será o início da época”, apressa-se a acrescentar o técnico, que se mantém no cargo relativamente à época passada.

O que mudou na Geração RD para que a ambição tenha subido de forma vertiginosa? Em primeiro lugar, o plano para a temporada 2020/2021 tem como foco “valorizar o clube, a equipa técnica e os jogadores”. Para o conseguir, ele “profissionalizou-se mais um bocadinho”, explica Edimiro Oliveira, ideia com a qual Pedro Godinho concorda. “Os responsáveis estão a trabalhar bem. Acredito que podemos fazer coisas bonitas este ano”.

O experiente médio, de 38 anos, chegou à Geração RD a meio da época passada, depois de uma experiência no futebol popular de Espinho. “Dediquei praticamente a minha vida ao futebol e, devido a isso, perdi muitas fases do crescimento do meu filho. Como ele já jogava cá, cumpri um desejo dele”, confessa. Pedro Godinho participou em apenas dois jogos na época passada, tempo suficiente para perceber o que inibia o plantel dentro das quatro linhas. “O grande problema foi os jogadores terem deixado de acreditar, porque a equipa tinha muita qualidade. Os resultados não apareciam e eles caíram na desmotivação”, acredita.

O cancelamento da época deu uma nova oportunidade à Geração RD, que não a quer desaproveitar. “Sabemos aonde queremos chegar. Estamos a fazer as coisas com mais calma”, diz Edimiro Oliveira, que pretende aumentar os níveis de experiência da equipa. “O nosso plantel tinha bons jogadores, mas a média de idades era muito baixa. Isso dificultou a adaptação deles a esta divisão”, justifica. Ainda assim, voltará a cumprir-se um dos principais lemas do clube, a aposta nos jovens formados internamente, uma vez que cinco juniores serão integrados no plantel principal.

“Queremos ser competitivos”, salienta o treinador. Ele admite que “o primeiro objetivo é permanecer” na 1.ª Divisão Distrital, mas salienta que “quem entra no campeonato não pensa só na manutenção”. Dentro do campo, Pedro Godinho espera “ganhar jogo a jogo”, perante adversários que se “estão a reforçar muito bem”. “Mas também sei o que a direção da Geração RD está a fazer. Acredito que as coisas vão correr bem”, remata.

Plantel da Geração RD:
Defesas: Soares e Pedro Magolo;
Médios: Xico Leite, Jhow e Pedro Godinho;
Avançados: Ruben Cardoso, Nuno Resende, Zé Cavaco e Rodolfo Jorge (ex-Passe Certo).

Fotografia
Geração RD

31 de Maio de 2020
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas