Leonel Castro quer guiar a ACRD Mosteirô a um campeonato tranquilo

Reforçar a estrutura e ambicionar mais, mas com a estabilidade como foco a curto prazo. Depois de uma temporada com alguns sobressaltos, Leonel Castro pretende guiar a ACRD Mosteirô à manutenção, enquanto ajuda a criar bases para um crescimento sustentado.

“No ano passado, a primeira volta não nos correu muito bem, mas a segunda já foi mais em consonância com o que pretendíamos”, recorda o técnico, feliz pelo comportamento demonstrado pela equipa na parte final da época, o que ajudou à permanência na 1.ª Divisão Distrital.

Com os olhos postos no futuro, Leonel Castro ambiciona “um campeonato tranquilo e estar o mais perto possível dos lugares cimeiros”, mas lembra que “se no ano passado o campeonato era equilibrado, este ano vai ser ainda mais nivelado por cima”, porque “as equipas estão a reforçar-se bem”.

“Prevejo um campeonato complicado e acho que o melhor para nós, até pela perspetiva de crescimento do clube, que está a tentar sustentar-se para alcançar um patamar mais elevado, será procurar fazer um campeonato tranquilo, tendo em vista a manutenção”, atesta.

À partida para a sua terceira temporada no comando técnico da ACRD Mosteirô, o treinador mostra-se ciente de que “a continuidade nem sempre é fácil”, mas regozija-se por ver o clube dar “passos que estavam previstos”, principalmente no que respeita à garantia de “jogadores da terra, atletas que são de Mosteirô ou de localidades próximas, que são jovens, têm qualidade e querem crescer.”

A 1.ª Divisão Distrital espera-se competitiva, o que, para Leonel Castro, constitui “o fator mais aliciante da próxima época”. “Há quem pense o contrário, mas, para mim, a competitividade é aliciante e ótima para que nos possamos desenvolver como treinadores, jogadores, equipas e clubes”, aponta, sublinhando que “todos acabam por aprender mais e ganhar mais no final”.

“Há equipas que vão subir e outras que vão descer, mas para quem tem ambição e quer crescer, como a ACRD Mosteirô, é bom”, acrescenta o técnico, que vem tentando, a par da estrutura diretiva, “criar algo especial” no clube, “abdicando de uma gestão anual” na tentativa de implementar “algo mais espaçado no tempo”.

“Queremos criar bases e estrutura para que no próximo ano, ou daqui a dois, o clube possa lutar por subidas de divisão e, se eventualmente isso acontecer, possa depois garantir a manutenção num campeonato superior”, remata.

Plantel da ACRD Mosteirô
Guarda-Redes:
Huiguita e Artur;
Defesas: Telmo, Nuno, Riscas, Ricardo Gomes, Marcelo, Bruno Gomes e Fred;
Médios: Marcinho, Pedro Abelha, Pedro Costa, Rúben e Vítor Rocha;
Avançados: Nelson Fernandes, Coutinho, Rafa, João Luís, Diogo Almeida, Ricardo Martins, Vila Cova e Manú.

Fotografia: Raul Ferreira

2 de Setembro de 2022
Final Version
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas