Jota é o jogador do ano para os capitães do Campeonato Grande Hotel de Luso

Chamados a votar no cinco ideal da época 2019/2020 do Campeonato Grande Hotel de Luso, os capitães de metade das 14 equipas em competição elegeram Jota, da AD Travassô, como MVP do ano. João Tiago Araújo, comentador da AFA TV, considera que o prémio está bem entregue e olha para para a equipa do ano como “uma escolha natural dos capitães”.

Jota arrecadou sete dos votos para Melhor Jogador e integra o cinco do ano, que é ainda composto por Bruno, guarda-redes, e Dudu, fixo, ambos do GD Beira-Ria, André Gonçalves, universal, do FC Mozelos, e Luís Miguel Matos, universal, da ARCA. No total das duas votações, Jota obteve 12 nomeações dos capitães para o cinco do ano, com o FC Mozelos a ser o clube mais mencionado, com 18 votos em diferentes jogadores.

Para João Tiago Araújo, comentador da AFA TV, a eleição de Bruno, guarda-redes do GD Beira-Ria, “representa uma surpresa”. “Acho que o Marco, do CD Cucujães, esteve muito bem, mas a verdade é que o Bruno deu mais nas vistas, porque marcou golos e é um guarda-redes que joga bem com os pés. O GD Beira-Ria tem a estratégia de sair muitas vezes com o guarda-redes a jogar, e ele soube tirar partido disso. É um guarda-redes mais moderno”, explica o comentador, considerando que “a escolha dos restantes para o cinco ideal é natural”. “O Jota, porque é o melhor finalizador do campeonato e marca golos de todas as maneiras e feitios. O Dudu e o Luís Miguel Matos, porque foram jogadores com maior preponderância nas suas equipas e fizeram muitas assistências para golos. Quanto ao André Gonçalves, julgo que é unânime que é o jogador mais desequilibrador do campeonato e com mais criatividade”, sublinha.

Quanto à eleição de Jota para Melhor Jogador da temporada 2019/2020, João Tiago Araújo lembra que o ala/pivot se “tem vindo a tornar um jogador de referência, porque consegue manter a regularidade”. “É o mais decisivo. É um jogador em que se a sua equipa fizer quatro golos num jogo, três são dele, e talvez ainda faça uma assistência”, conclui.

Num exercício interessante, João Tiago Araújo definiu, ainda, os eleitos para um hipotético duelo entre as principais figuras desta temporada. "Em termos individuais, perante a dificuldade em escolher só cinco jogadores, optei por uma espécie de “All-Star” entre os dois “cincos” que, a meu ver, foram mais regulares ao longo destas 17 jornadas. Juntei todos os que na minha opinião mais se destacaram, dei coletes aleatoriamente e ficou qualquer coisa como isto: Rui Silva (Mozelos), Luís Miguel Matos (ARCA), Carlitos (CP Esgueira), André Olhinho (Mozelos) e Tiago Torres (AJ Fiães) contra Marco Leite (CD Cucujães), Dudu (Beira-Ria), Jota Reis (Travassô), Joel Santos (PARC) e Diogo Silva (Mozelos)".

O 5 do Ano e a distinção do Jogador do Ano foram definidos a partir das escolhas dos capitães de todas as equipas que participaram na última edição do Campeonato Grande Hotel de Luso, que tinham como única regra não poderem escolher atletas da sua própria equipa. As votações podem ser consultadas na galeria em baixo. 

9 de Maio de 2020
Vítor Hugo Carmo
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas