João Roubaco fez um “hat-trick” pela ADREP em nome da regularidade

Os três golos apontados por João Roubaco na vitória da ADREP sobre o até então líder GD Beira-Ria, por 4-3, dão expressão à regularidade do ala, que desde o início de 2020 só não marcou num jogo do Campeonato Grande Hotel de Luso. O jogador considera que o triunfo é demonstrativo da subida de forma da sua equipa.

João Roubaco, que se iniciou no futsal com cinco anos, no Atómicos, passando ainda pelo GD Gafanha, considera que a ADREP soube aproveitar o 'fator casa' para ir subindo alguns lugares na tabela classificativa, tendo a vitória na última ronda do campeonato sido mais uma prova dessa performance positiva.

“Tem sido muito importante jogar no nosso pavilhão, porque é sobretudo nesses jogos que temos amealhado pontos. Se estamos mais fortes é pelo apoio dos adeptos”, explica, ele que apontou três golos num só jogo pela primeira vez, esta temporada. “Felizmente, os golos têm acontecido com regularidade. Aliás, desde que começou o ano só fiquei em branco num jogo. Como comecei a melhorar, defini uma meta entre os 20 e os 25 golos até ao final da temporada”, admite.

O jogador, de 22 anos, revela que a subida de forma da equipa se deve “à ambição, que foi crescendo com os resultados positivos”. “Sabíamos que tínhamos de continuar a trabalhar com intensidade e manter a concentração para encarar todos os jogos como se fossem em nossa casa. Isso deu resultado e foi-nos motivando ainda mais”, conclui.

Fotografia
Direitos Reservados

18 de Março de 2020
Vítor Hugo Carmo
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas