GD Mealhada mantém aposta na juventude com a permanência como meta

Com a manutenção na 1.ª Divisão Distrital garantida no limite, na última época, o GD Mealhada encara a nova temporada com coragem, mas também realismo. Objetivo mantém-se e passa, uma vez mais, pela permanência.

“Ficámos muito abaixo daquilo que podíamos fazer”, admite Marco Breda, quando recorda a edição anterior da prova, lembrando que dispunha de “uma equipa muito jovem” e “não remunerada” que, ainda assim, provou o seu valor. “Houve um conjunto grande de fatores que não nos permitiu fazer melhor, embora eu pense que, em termos de jogo jogado, éramos uma das melhores equipas e que a classificação não traduziu aquilo que fizemos e o valor que tínhamos”, explica o técnico, que, entre outros ajustes, chegou a ver-se obrigado “a colocar dois defesas centrais de 18 anos que nunca tinham jogado pelos seniores”.

Um ano repleto de peripécias, mas que terminou com a garantia da manutenção, objetivo primordial que volta a ser incluído nos planos para a nova temporada. “A ambição passa exatamente pelo mesmo: a manutenção. A época vai ser ainda mais difícil, porque desceram várias equipas que vão estar na nossa série, e antevejo uma dificuldade maior, porque sei que há alguns clubes que estão a reforçar-se muito bem”, alerta o treinador, cuja maioria do plantel é composta por jogadores “abaixo dos 22/23 anos, o que é bom em termos de futuro, mas é complicado no que ao presente diz respeito”.

Desafios não faltarão a um GD Mealhada com “boas condições”, mas ao qual falta “o apoio financeiro ou a estrutura”. “Temos de nos sujeitar ao nosso contexto, aliciando os atletas com boas condições de trabalho e de treino”, admite Marco Breda, satisfeito por “fazer regressar alguns jogadores da casa, com qualidade e experiência em divisões superiores”, que podem ajudar “trazendo alguma experiência e ajudando os nossos jovens para que consigamos um campeonato tranquilo”.

Ainda assim, o treinador tem “a noção de que não vai ser fácil” e avisa que o grupo tem de “estar preparado”, assumindo não ter o plantel fechado e mantendo “as portas abertas para atletas que queiram evoluir e encontrar o seu espaço”.

“Eles podem dar-nos retorno desportivo e nós podemos projetá-los para que cheguem a outros patamares”, remata.

Plantel da GD Mealhada
Guarda-redes:
Rafael Simões, José Cruz e José Bartolomeu;
Defesas: João Melo, Tomás Fernandes, João Prata, Afonso Silva, Mauro Pereira, Rafael Quintas, Afonso Bartolomeu, Tiago Pereira e Leandro Torre;
Médios: Xico, Pedro Henrique, Leandro Duarte, David Marques, João Rato, Zé Silva, Saviola, João Rosas e Bruno Rosas;
Avançados: Roberto Branco, Rodrigo Melo, João Nuno, Marcos Castanheira, Renato Pinto, Xano Cardeira e Gabriel Santos.

Fotografia: GD Mealhada

7 de Setembro de 2022
Final Version
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas