Ganhar e jogar bem para valorizar o projeto do Lusitânia de Lourosa FC B

“Ganhar jogando bem”. Em traços gerais, este é o plano do Lusitânia de Lourosa FC B para a próxima temporada, na qual irá disputar a 1.ª Divisão Distrital. Num projeto que pretende aliar resultados ao desenvolvimento de jovens talentos, o treinador, André Canedo, acredita que a experiência acumulada na Prova Final da última época pode ajudar a solidificar as ideias dos lusitanistas para 2021/2022.

O plantel, composto por “atletas de qualidade e que sintam o clube”, contará com vários jovens que terminaram a última temporada na equipa B lourosense. “Utilizámos 14 jogadores que ainda eram juniores. Preferimos que competissem num campeonato sénior e não nos sub-19”, explica André Canedo, que fala numa “participação ganha” na Prova Final da 1.ª Divisão, uma vez que ela “preparou os miúdos e tentou amenizar aquilo que perderam com a pandemia”.

E não foi tão pouco quanto isso. “Eles estiveram um ano e meio sem competição e passaram praticamente dos sub-17 para um campeonato sénior, que é muito competitivo”, vinca o técnico, que antevê uma 1.ª Divisão Distrital “muito nivelada” na próxima temporada, com “equipas cada vez mais preparadas, treinadores mais metódicos e bons atletas”.

“Sermos competitivos em todos os jogos, à imagem do clube, e tentarmos ganhar o máximo de jogos possível” é um dos principais objetivos, mas é importante consegui-lo “sempre jogando bem, para se valorizar o projeto”, assinala André Canedo.

Poder fornecer jogadores à equipa principal do Lusitânia de Lourosa FC, que vai disputar a Liga 3, é um dos desígnios do projeto. E se o salto parece demasiado alto, André Canedo lembra que “dois atletas da equipa B estão a fazer pré-época com a equipa principal”, havendo ainda “o exemplo do Dinis, que há duas temporadas jogava na 2.ª Divisão Distrital (pela equipa B) e agora está no Braga”.

Plantel do Lusitânia de Lourosa FC B:
Guarda-redes: Rúben Boia (ex-São João de Ver, juniores) e Miguel Silva (ex-SC Espinho, sub-22);
Defesas: Diogo Costa (ex-UD Oliveirense, juniores), Leonardo Prata (ex-Fiães SC, juniores), Daniel Neves, Rui Barros, André Seixas e Dinis Miranda (ex-SC Espinho, sub-22);
Médios: Miguel Couto (ex-CD Feirense, juniores), Rubinho (ex-CD Feirense, juniores), Pedro Mota e Gonçalo Castro (ex-UD Oliveirense, juniores);
Avançados: João Couto (ex-CD Feirense, juniores), Pedro Pereira, Pedro Pontes. Edi Oliveira (ex-FC Cesarense), Wilson Castro e Daniel Santos.

Fotografia
Direitos Reservados

22 de Julho de 2021
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas