Fábio Paquete, o homem da casa que sonha dar alegrias ao SC Espinho

Quem nunca sonhou em liderar o clube pelo qual é apaixonado? Fábio Paquete passou por todos os escalões do SC Espinho, subiu a pulso na estrutura e, agora, prepara a estreia como treinador principal dos “tigres”. Homem da casa, conhece o clube como poucos e, sem nada prometer, sonha “dar a alegria que todos os adeptos querem”.

“Sendo treinador do SC Espinho, que é um clube com um historial imenso e uma massa adepta sem igual, a ambição passa por sermos competitivos, em primeiro lugar, e por lutarmos em todos os jogos pela vitória. Creio que será isso que os adeptos esperam e vamos trabalhar para que aconteça”, começa por dizer, em declarações à AFA TV. Promessas, não faz, mas “uma equipa como SC Espinho tem de entrar sempre em campo para ganhar”.

Aos 36 anos, Fábio Paquete salta mais um patamar na estrutura técnica do clube. “É um orgulho imenso e agradeço a confiança depositada em mim”, regozija-se, ele que na última época estava responsável pela equipa de Sub-19. “Passei por todos os escalões da formação, fruto do meu trabalho, e consegui bons resultados. Ajudei o SC Espinho a crescer nos seus diversos escalões, as pessoas reconheceram confiança em mim e eu estou-lhes grato por isso”, acrescenta.

Com a nova temporada a aproximar-se a passos largos, o técnico não se amedronta. “Confio naquilo que são as minhas capacidades e quero retribuir com trabalho, vitórias e conquistas”, salienta, ciente dos desafios que terá pela frente, principalmente pelo facto de o clube não dispor, atualmente, de estádio próprio. 

“Andamos com a casa às costas, não temos estádio próprio e muitas vezes jogamos longe da nossa zona. O grande desafio será mobilizar as pessoas para nos acompanharem e apoiarem, mas cabe-nos, com a atitude, o compromisso e o desempenho corretos, arrastar as pessoas e chamá-las ao estádio, seja onde for”. A isto, junta-se “o facto de termos de construir uma equipa praticamente toda nova”, o que faz com que o processo de adaptação e interiorização das ideias possa “levar algum tempo”.

Ainda assim, as metas estão traçadas e “o objetivo é, simultaneamente, pessoal e coletivo”. Fábio Paquete chega à equipa sénior “enquanto treinador, mas também adepto do clube e um apaixonado pelo SC Espinho”, e, por isso, ambiciona alcançar o que qualquer adepto pretende.

“A minha grande ambição é subir de divisão pelo SC Espinho e dar a alegria que todos os adeptos querem. Era o que me deixaria mais satisfeito como treinador e como adepto”, encerra.

Plantel do SC Espinho
Guarda-redes:
Diogo Santos e Miguel Borges;
Defesas: Malecas, Vareiro, Vítor Fonseca e Ricardo Almeida;
Médios: Belinha, Paulo Cruz, Lucas Lima, João Ricardo e Dida;
Avançados: Tiago Silva, Betinho e Wilson Rodrigues.

Fotografia: Direitos Reservados

9 de Agosto de 2022
Final Version
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas