"Este pode ser um ponto de viragem na época do Antes"

Ao intervalo do jogo com o Oiã, a contar para a 10.ª jornada da 1.ª Divisão Distrital, o Antes perdia por dois golos de diferença. No balneário, a frustração rapidamente se transformou em ambição para enfrentar a segunda parte com outra cara, e o resultado está à vista. O emblema da Mealhada deu a volta ao resultado, com Jorginho a consumar o triunfo bem perto do fim. “Tremer as pernas? Só pelo cansaço. Tínhamos de fazer tudo para vencer”, atira o extremo, de 22 anos, que é caloiro no curso de Desporto na Escola Superior de Educação de Coimbra.

A tarde, já de si cinzenta, chegou a deixar antever um final desanimador para o Antes. Ao longo do primeiro tempo, o Oiã construiu uma vantagem de dois golos, colocando os encarnados em maus lençóis. “Chegámos um bocado frustrados ao balneário, porque as coisas não estavam a sair bem. O treinador disse-nos que tínhamos de mostrar outra perspetiva do nosso futebol”, recorda Jorginho. A equipa sabia que “tinha mesmo de ganhar, porque estava numa fase menos boa”, uniu-se e foi em busca do improvável.

O inevitável Roberto começou por reduzir, de penálti, e foram dele as assistências para os dois golos de Jorginho, que originaram a cambalhota no marcador. “Na cara do golo, consegui finalizar da melhor forma”, diz, ele que acredita que este “pode ser um ponto de viragem na temporada do Antes”.

Depois de um ano em que se habituou a ganhar com frequência, registo que culminou com a conquista do título da 2.ª Divisão Distrital, o clube do concelho da Mealhada deparou-se, esta época, com “um campeonato muito mais competitivo”, composto por “equipas mais fortes, que não querem descer, coisa que não existia na época passada”.

Apesar de um arranque complicado, com três vitórias nas dez jornadas já disputadas, Jorginho acredita que o Antes “tem equipa para outros resultados”. “Temos muita qualidade, Quase todos os jogadores já passaram por campeonatos de outro nível. Tem-nos faltado um bocadinho a estrelinha da sorte”, acrescenta o avançado, que salienta que “não passa pela cabeça de ninguém o Antes descer de divisão”. “A equipa está motivada para vencer mais vezes. O objetivo é chegar aos lugares cimeiros”, completa o jovem.

23 de Novembro de 2018
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas