Estarreja conta com os golos de Daniel Silva para o "tudo ou nada"

Cresceu no futebol como médio até que, perto da maioridade, lhe descobriram uma veia goleadora até então adormecida. Aos 19 anos, Daniel Silva assume-se como artilheiro no ataque do Estarreja, equipa que promete não facilitar no que falta jogar do Campeonato SABSEG. “É o tudo ou nada”, sublinha o jovem que, fora dos relvados, passa o tempo a fazer chocolate.

A última jornada do campeonato trouxe o regresso aos triunfos do Estarreja, e logo por 5-0, diante do Alvarenga. “Sabíamos que era um adversário direto, e senti que houve uma entreajuda muito grande”, salienta Daniel, que bisou no encontro.

O papel de goleador nem sempre lhe assentou como uma luva. Até à idade de júnior jogou no meio-campo, até que o treinador de então o puxou para a frente no terreno. “A equipa não estava a marcar, e ele entendeu que eu rendia mais no ataque. Acabei essa época com 34 golos em 33 jogos. Até andava mais alegre”, recorda o fã de Cristiano Ronaldo.

De lá para cá, fazer golos passou a fazer parte do seu quotidiano. “Com eles procuro ajudar a equipa a garantir vitórias”, diz, mas há sempre a parte mais pessoal da coisa. “Daqui a três jogos, espero entrar no top 10 (da lista de melhores marcadores) do Campeonato SABSEG”, atira.

Para já, é o artilheiro do Estarreja, com quatro golos, depois da saída de Ginho. “Ele era um adversário forte, mas agora comecei a jogar. Custou um bocado ganhar ritmo, mas estou a começar a entrar em forma e as coisas estão a sair”, explica. “O nosso treinador costuma dizer: “Diz-me como treinas que eu dir-te-ei como jogas”. Eu sempre me apliquei nos treinos e sinto-me cada vez mais confiante”, acrescenta ao avançado, que trabalha numa empresa de chocolates.

Para adocicar a época do Estarreja, Daniel Silva espera continuar de pontaria afinada, para dar expressão à mentalidade da equipa. “Estamos confiantes. Agora, a nossa forma de jogar é: marcamos o primeiro, marcamos o segundo e continuamos sempre a pressionar. Foi isso que fizemos no último jogo. Por isso é que ganhámos por 5-0”. Tudo muito simples, portanto.

21 de Fevereiro de 2019
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas