Desportivo Regresso conquistou primeiro título da sua história no Futebol Popular de Espinho

O duelo entre o GD Outeiros e o Desportivo Regresso terminou com a vitória do conjunto da casa, mas, no final, ambos tiveram razões para festejar. Se quem venceu celebrou o triunfo e a promoção à 1.ª Divisão do Futebol Popular de Espinho, o clube derrotado na tarde do último sábado sagrou-se campeão do segundo escalão da competição espinhense. Trata-se do primeiro título do Desportivo Regresso, ao fim de 39 anos de participação na Liga de Futebol Popular de Espinho.

Segundo Zé Beto, o treinador, “a forma como a pré-temporada foi desenvolvida” foi preponderante para a conquista. “Apostámos em muitos jogadores experientes, da 1.ª Divisão, que acabaram por, a cada jogo, demonstrarem as suas qualidades. Além disso, são jogadores que, por si só, têm muita capacidade para desequilibrar”, revela o técnico, que se estreou nos bancos esta época. “Não podia ter corrido melhor. Fui jogador durante muitos anos na 1.ª Divisão e aceitei o desafio do Regresso porque queria manter-me ligado ao futebol popular”, revela.

Zé Beto orgulha-se de fazer parte “da primeira grande conquista do Desportivo Regresso”, numa época em que “a equipa soube aproveitar as suas qualidades, sem se deslumbrar”. “Estivemos sempre conscientes das nossas capacidades e, com concentração e humildade, fomos uma equipa objetiva nos momentos decisivos”, realça.

Para segundo plano ficou o desaire com GD Outeiros, por 2-0, um jogo decidido pelo 'bis' de Vítor Hugo. O resultado permitiu ao conjunto de Silvalde celebrar a promoção à 1.ª Divisão, mas ficou curto para impedir a festa do título dos forasteiros. A duas jornadas do final do campeonato, as duas equipas seguem separadas por seis pontos, mas o Desportivo Regresso tem vantagem no confronto direto.

Ainda na 20.ª jornada do segundo escalão do futebol popular espinhense, as Águias de Anta venceram as Estrelas Divisão por 2-0, com golos de Nuno Afonso e Cláudio Pinto. A jogar em casa, a Juventude Estrada bateu as Estrelas de Ponte de Anta por 2-1, enquanto o Cruzeiro Silvalde venceu o Bairro Ponte de Anta por 3-1, com um 'bis' de Tiago Fontes e um golo de Jacinto.

Já o Estrelas Vermelhas triunfou sobre o Morgados de Paramos por 3-2, com golos de André Ramos, Benjamin e Tony, enquanto os golos dos forasteiros foram apontados por Eduardo Oliveira e Fábio Sousa. O duelo entre o Império de Anta e o Lomba terminou empatado a um golo.

Jornada recheada de golos na 1.ª Divisão
Na 1.ª Divisão, a Quinta de Paramos venceu o Esmojães por 4-0, com golos de Pedro Godinho, Wilson Santos, Diogo Lima e Nuno Silva, e aumentou a vantagem pontual na segunda posição para os Leões Bairristas, que empatou a um golo no reduto do Guetim. A equipa da casa marcou primeiro, por Ruben Oliveira, mas os visitantes empataram por intermédio de Orlando Pinto.

Quanto ao Cantinho da Rambóia venceu as Águias de Paramos por 10-3, com golos de Xalé, que completou um 'hat-trick', Pedro Gil, que bisou, Carlos Guedes, André Soares, José Rola, João Leite e Armando Pinto. Os forasteiros reduziram por Francisco Correia e Miguel Jesus e beneficiaram de um autogolo.

Quem também venceu em casa foi o Rio Largo, ao derrotar o Novasemente por 3-1, com os tentos de Filipe Seninho, que bisou, e de Marcelo Silva.

O GD Ronda, que já garantiu o título de campeão, bateu o Desportivo Ponte de Anta por 9-0, com um 'hat-trick' de Bruno Batata, os 'bis' de Miguel Neves e Carapau, e os golos de Filipe Zuca e Daniel Carvalho.

Já os Magos de Anta empataram a dois golos na receção ao Corga Silvalde, com Uriel Ferreira e Filipe Xala a marcarem os golos dos forasteiros. A equipa da casa beneficiou de um autogolo e de um tento de Marcos Neto.

Fotografia
Grupo Desportivo Regresso

8 de Maio de 2019
Vítor Hugo Carmo
[email protected]
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas