CDC Macieira de Cambra com atitude reforçada para o ataque a uma 1.ª Divisão Distrital fortíssima

Ricardo Pina quer evitar os erros do passado e promete um CDC Macieira de Cambra a encarar a temporada 2022/23 com identidade reforçada. Depois de “uma época muito atípica”, salva pela garantia da manutenção na prova, o técnico prepara o novo ano com estabilidade e assegura um grupo pronto para encarar todos os desafios.

As “muitas lesões”, e os “vários casos de Covid-19” que abalaram o plantel ajudam a justificar as prestações inconstantes da formação de Vale de Cambra ao longo da última temporada. “Acabámos por fazer uma primeira volta com muito poucos pontos, apenas 7, e isso limitou-nos bastante o resto do campeonato, ainda que tenhamos feito o dobro dos pontos na segunda volta”, lembra Ricardo Pina, que assume “dificuldades em garantir a manutenção”, contexto que não quer ver repetido.

Segundo o treinador, o clube procurou “manter a maior parte do plantel” e garantiu “alguns reforços” para posições consideradas importantes, o que permite um trabalho atempado e mais seguro. “Já conseguimos fechar o plantel, algo que era importante para nós, para trabalharmos de forma séria”, sublinha, apontando que “o objetivo passa por melhorar a prestação da última época, olhando todos os adversários nos olhos e tentando garantir os três pontos em cada jogo”.

“É desta forma que vamos encarar o campeonato, sem pressão pelos resultados negativos da última temporada e procurando garantir sempre os três pontos, seja em casa ou fora”, acrescenta.

O técnico vai ao encontro da ideia partilhada pela maioria dos colegas de profissão e assume que “a 1.ª Divisão Distrital, este ano, vai ser fortíssima, tanto na zona Norte como na Sul”, discordando, porém, de quem atribui mais força a uma das séries. “Há quem diga que a zona Norte é mais forte, mas, sinceramente, não concordo com isso, porque sei que as equipas da zona Sul são também muito fortes”, atesta, identificando o caminho para uma época tranquila:

“Será um campeonato muito equilibrado e todos os pontos conquistados, desde o início, serão importantes para as contas finais”.

Plantel do CDC Macieira de Cambra
Guarda-Redes:
Daniel Reis e Alexandre Santos;
Defesas: Brinca, Eduardo Marques, Henrique Silva, Pedro Castro, Alexandre Lopes, João Silva, Rui Pinho, Tiago Silva, João Pais, João Brandão e João Leite;
Médios: André Silva, João Barbosa, Jefferson, Carlos Martins e Rúben Valente;
Avançados: Daniel Gomes, André Garcia, João Duarte, Lucas Nascimento, Daniel Vieira, João Jorge, Rúben Almeida e Filipe Machado.

Fotografia: CDC Macieira de Cambra

5 de Setembro de 2022
Final Version
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas