Arouca e Dínamo mais perto do topo do Campeonato Grande Hotel de Luso

Arouca e Dínamo Sanjoanense venceram na 10.ª jornada do Campeonato Grande Hotel de Luso e aproveitaram o nulo entre Juventude de Fiães e Azagães para se aproximarem do topo da tabela. A ronda ficou incompleta, em virtude do adiamento do Bairros-Arrifanense, devido a um problema no piso do Pavilhão Municipal de Castelo de Paiva.

O jogo grande da jornada terminou como havia começado, sem golos. Juventude de Fiães e Azagães, as duas equipas ainda sem derrotas no campeonato, mantiveram esse estatuto, num jogo vivo, com várias oportunidades para cada lado, mas sem acerto na finalização.

O nulo foi aproveitado por Arouca e Dínamo Sanjoanense, que venceram de forma folgada e ficaram mais perto da primeira posição. Os arouquenses superaram o Atlético do Luso por 12-5, tendo os golos sido distribuídos por Pipokah, Cerqueira, Pedro Lopes, Paulo Bastos, que bisou, Zezito, Marcelo, Vilar e Sérgio Costa, que completou um 'póquer'. Pelo 'lanterna vermelha' da prova reduziram Carlos Ferraz, João Couto, por duas vezes, Ricardo Santos e Bruno Fernandes.

De pontaria afinada esteve, também, o Dínamo Sanjoanense, que levou de vencida a ADREP por 13-3. Pedro completou um 'hattrick', João e Estrela bisaram, tendo Paulo Azevedo, Tiago Pinho, Tiago Lopes, Macieira e Rui também marcado pelos de S. João da Madeira. O restante golo foi apontado na própria baliza. Os visitantes encurtaram distâncias por Joel, que bisou, e Gil.

Quanto ao Beira-Ria, venceu em Esgueira por 5-2. Hernâni, por duas vezes, Teófilo, Hugo Alves e Batista construíram o triunfo dos forasteiros, tendo Carlitos e Xavier apontado os tentos da Casa do Povo de Esgueira na etapa complementar.

Na Gafanha, os locais superiorizaram-se ao Fundo de Vila por 8-2, com golos de Vaninino, Hugo, Ricardinho, Ricky, Pelé, Fred, Malok e Adonis. Quirino, com dois tentos a fechar a primeira parte, reduziu para os visitantes.

Finalmente, o PARC regressou aos triunfos diante do ARCA, tendo vencido por 5-3. Os forasteiros até chegaram ao intervalo em vantagem, graças a um golo de Rui, mas permitiram a reviravolta dos de Pindelo, consumada com os tentos de Renato, que bisou, Rúben, Jonathan e Firmino. A fechar, David e Fábio atenuaram distâncias, sem contudo colocar em perigo o triunfo do conjunto de Oliveira de Azeméis.

8 de Janeiro de 2018
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas