Antevisão e análise do Campeonato SABSEG por Sérgio Oliveira

A jornada

Numa jornada de confrontos equilibrados e imprevisíveis, a Ovarense é líder isolada do Campeonato SABSEG (ainda que à condição) depois de bater em casa o Alba por 2-0. Nos dois jogos de destaque da 4.ª jornada, o União de Lamas saiu derrotado de São Vicente Pereira, por 2-1, e o Pampilhosa de Avanca, por 1-0. Pese embora o favoritismo dos forasteiros, não são de todo resultados surpreendentes. No Bolhão, o Fiães, não deu azo a surpresas e venceu o frágil Cucujães por 1-0. Nos restantes jogos da jornada, registaram-se três empates a uma bola, uma prova clara de que a disputa entre equipas que, à priori, lutarão pela permanência, será uma verdadeira luta titânica!

O destaque

Dois destaques positivos e um negativo na jornada quatro do Campeonato SABSEG. Primeiro, dizer que o futebol tem mais encanto quando, à 4.ª jornada, se constata que a Ovarense é líder isolada do campeonato. E se, até à data, o calendário foi relativamente generoso para os “vareiros”, importa salientar o trajeto, sem qualquer sobressalto, de uma equipa recém-promovida. As contas são fáceis de se fazer. Quatro jogos, quatro vitórias! Conhecendo o Tiago Leite da forma que conheço, este conto de fadas é inteiramente dedicado a uma pessoa especial. Um sentimento, estou certo, que só ele entenderá!

Segundo, destacar a vitória do Avanca frente ao Pampilhosa. Os “ferroviários” chegavam a esta jornada em grande forma, com três vitórias seguidas e em primeiro lugar. No entanto, a equipa avanquense tirou vantagem do fator casa e não só interrompeu o ciclo vitorioso do adversário, como o ultrapassou na tabela classificativa. Numa formação que vale pelo seu conjunto, em que não existe o denominado ‘jogador bandeira’, é Cajó quem sobressai potenciando ao máximo os recursos de que dispõe. Uma equipa a ter em conta na intromissão pelos lugares cimeiros.

Terceiro, e negativamente, o momento do Canedo. O passado recente mostra-nos que as equipas recém-promovidas têm sentido alguma dificuldade de afirmação na Divisão de Elite. Não se reforçam o suficiente face à diferença que existe de um campeonato para o outro. Esta época, o Canedo, não foi de meias medidas e apetrechou-se com jogadores como Fredy, Osório, Letz e conseguiu ainda manter um dos destaques da época da subida, o médio goleador Bruno Silva. Seria, naturalmente, de esperar outra performance dos comandados de Miguel Rapinha. No jogo da última jornada, frente ao Esmoriz, em casa e com um jogador a mais, o Canedo não teve arte nem engenho para segurar a vantagem de uma bola. Um claro reflexo do que tem sido este arranque de época!

A antevisão

Arrancamos para a 5.ª ronda do Campeonato SABSEG, que será uma autêntica jornada de tripla! Como evento principal, mas longe de ser o único motivo de interesse, destaco o duelo entre União de Lamas e Avanca.

Separadas apenas por um ponto, será interessante verificar como se comportará a equipa de Cajó na visita ao terreno de um candidato à subida e, por outro lado, que reação esboçará o União de Lamas depois do primeiro desaire da época. A receção do (aparente) engrenado Fiães ao aflito Bustelo será mais um jogo intenso de se acompanhar. O Fiães já sacudiu o mau momento e pretende continuar a trepar na tabela. Já o Bustelo, depois da eliminação da Taça de Portugal, canaliza todas as atenções para o campeonato e necessita urgentemente de pontos. Duas boas equipas a ocuparem lugares não condizentes com a sua qualidade. 

A receção do São João de Ver ao São Vicente Pereira, é igualmente um jogo de destaque. Apesar do claro favoritismo da equipa da casa, em que existe uma qualidade individual superior, os “vicentinos” chegam a esta jornada motivados pela vitória frente a um (também) candidato. Será um jogo de reencontro para alguns atletas e, nesse sentido, as emoções estarão à flor da pele. 

4 de Outubro de 2019
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas