Antevisão e análise ao Campeonato Grande Hotel de Luso por João Tiago Araújo

A jornada
A última jornada da primeira volta do Campeonato Grande Hotel de Luso deixou tudo praticamente na mesma no topo da classificação, com Beira-Ria e FC Mozelos a permanecerem em igualdade pontual e a fazerem antever um duelo escaldante no arranque da segunda volta.

Nos três primeiros lugares, tudo igual. O Beira-Ria venceu o dérbi das Gafanhas, recuperando de duas desvantagens para derrotar o Gafanha por 5-2. O Mozelos, por sua vez, recebeu e venceu a ARCA (6-2) e igualou a melhor série de vitórias seguidas deste campeonato, com cinco triunfos consecutivos, ao passo que o Travassô fecha o pódio, tendo regressado às vitórias diante do Arrifanense (7-2).

Juventude de Fiães e PARC completam o top 5 desta primeira metade. O conjunto fianense, num jogo trancado, perdeu algum terreno para os da frente ao ser surpreendido, em casa, pela CP Esgueira, que igualou o jogo no último minuto (1-1). Já os de Pindelo fecharam a melhor primeira volta da história do clube, com uma vitória (7-4) sobre uma ADREP que cometeu demasiados erros defensivos.

Nos outros campos, Arouca e Cucujães empataram a três golos, num resultado que prolonga o jejum de quase três meses sem vitórias dos forasteiros, ao passo que o Barcouço venceu em Telhadela, no jogo entre os dois últimos da tabela classificativa, agravando a crise de resultados dos de Ribeira de Fráguas.

O destaque
O único destaque que faz sentido, no final da primeira volta, é dar espaço a todas as estatísticas relevantes desta primeira metade do campeonato.

Resultados:

- Maior vitória em casa: Travassô 11-0 Gafanha

- Maior vitória fora de casa: FC Arouca 0-8 FC Mozelos

- Jogos com mais golos: AJ Fiães 9-4 ARCA e CP Esgueira 8-5 Gafanha

- Maior série de vitórias: Beira-Ria (5) e Mozelos (5)

- Maior série de derrotas: Telhadela (7)

-  Mais jogos sem ganhar: CD Cucujães (9)

- Mais vitórias em casa: Travassô (7)

- Menos vitórias em casa: CD Cucujães (0)

- Mais vitórias fora de casa: Beira-Ria (6)

- Menos vitórias fora de casa: Telhadela (0)


Golos:

- Mais golos marcados: Travassô e ARCA (61)

- Mais golos sofridos: Gafanha (70)

- Menos golos marcados: Telhadela (29)

- Menos golos sofridos: Mozelos (29)

- Mais golos em casa: Travassô (46)

- Menos golos em casa: CD Cucujães (13)

- Mais golos fora de casa: Beira-Ria (34)

- Menos golos fora de casa: Telhadela (12)

- Melhores marcadores: João Pedro Reis “Jota” (Travassô) – 24 golos; Carlos Nascimento “Carlitos” (CP Esgueira) – 14; Renato Pereira (PARC Pindelo) – 13

- Mais assistências para golo: Luís Miguel Matos (ARCA) – 17 assistências; Eduardo Gomes “Dudu” (Beira-Ria) – 14 ; Miguel Silva (CP Esgueira) e Diogo Rodrigues (Mozelos) – 11


Disciplina:

- Equipas com mais cartões amarelos: Gafanha (41), ADRE Palhaça (36), FC Arouca, Beira-Ria e PARC (35)

- Equipas com menos cartões amarelos: Travassô (24), Telhadela e CP Esgueira (26)

- Equipas com mais cartões vermelhos: Cucujães (7), FC Arouca (6)

- Equipas com menos cartões vermelhos: Beira-Ria e Mozelos (2)

- Jogadores com mais cartões amarelos: José Trancho (Barcouço) – 9 cartões; Bruno Morais (Gafanha) – 9; Hernâni Silva (Beira-Ria) – 8

- Jogadores com mais cartões vermelhos: Bruno Santos (Cucujães) – 3 cartões; Bruno Morais (Gafanha) – 2; Flávio Silva (Cucujães) – 2; Bruno Santos (PARC) – 2; Ricardo Quintas (FC Arouca) – 2; Sérgio Novo (ARCA) – 2


A antevisão
A primeira jornada da segunda volta reserva-nos o duelo entre os líderes do Campeonato, com o FC Mozelos a receber o Beira-Ria. Na primeira volta, num jogo com constantes alternâncias no marcador, a vitória sorriu aos da Gafanha do Carmo. Veremos como será desta vez, com a certeza de que este confronto direto pode ter consequências para a definição final do topo da tabela.

Olhando para os outros jogos, destaque maior para o embate entre a Juventude de Fiães e o CD Cucujães, que já no jogo de ida protagonizaram um excelente espetáculo, com muitos golos.

De resto, numa jornada que tem o Telhadela x CP Esgueira foi adiado, referência talvez para a deslocação do Travassô a Arouca e para o jogo entre Gafanha e ADREP, que coloca frente a frente jogadores que se conhecem e com os da casa muito necessitados de pontos para escaparem aos lugares de baixo da classificação.

7 de Fevereiro de 2020
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas