Antevisão e análise à 1.ª Divisão Distrital por José Alexandre Silva

A jornada
O empate do Argoncilhe em Fermentelos, num campo tradicionalmente difícil, permitiu que o São Vicente Pereira, que goleou em Paços de Brandão por 3-6, alcançasse a liderança isolada na 1.ª Divisão Distrital. A formação de Adriano Machado chega ao topo da tabela, confirmando toda a qualidade que tem vindo a apresentar na prova. De resto, todas as equipas favoritas, com alguma dificuldade, ganharam, fazendo com que o campeonato mereça ser devidamente seguido pelos apreciadores do futebol. A segunda vitória consecutiva do Mosteirô FC e o regresso às vitórias, suado, com um golo nos descontos, do JuveForce contra o Antes, merecem também uma palavra.

O destaque
Aos dezoito minutos o Valecambrense, por Célio, marcou e estava a ganhar no campo do ACRD Mosteirô, num resultado que se manteve até à passagem da hora. Nessa altura António Silva, aos 66 minutos, e Gustavo Oliveira, aos 75, deram corpo à reviravolta no marcador. No feriado de 1 de novembro, a formação orientada por Leonel Castro empatou com o Oiã (0-0) e ascendeu ao terceiro lugar. Vai ter, certamente, uma palavra a dizer.

Nove golos num jogo, independentemente da divisão e dos oponentes, é sempre alvo de destaque. Neste caso falamos da partida entre o Paços de Brandão e o São Vicente Pereira, que terminou 3-6. Três jogadores bisaram neste jogo, Carvalho para os da casa, Litos e o inevitável Óscar para os forasteiros. Estes nove golos contribuíram para um pecúlio substancial de 31 em toda a jornada!

A antevisão
A oitava jornada traz um bocadinho de sossego no que toca a confrontos entre candidatos, destacando-se neste sentido apenas a receção do Canedo, em pé ante pé, ao ACRD Mosteirô. Em campo grande espera-se um jogo de qualidade entre duas equipas que, não tenho dúvidas, quererão vencer.

Depois, destaco um dérbi bairradino, com toda a carga emocional que isso possa ter. Não sou um conhecedor profundo da história dos dois clubes nem consigo precisar quantas vezes se defrontaram em competições oficiais, mas sei que entre as localidades de Antes e Mealhada distam pouco mais que três quilómetros, e que certamente será uma partida histórica.

2 de Novembro de 2018
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas