ACRD Mosteirô quer fazer muito com pouco na 1.ª Divisão Distrital

Será uma ACRD Mosteirô renovada aquela que se irá apresentar na próxima edição da 1.ª Divisão Distrital. O clube conseguiu ultrapassar uma situação delicada, que chegou a colocar em causa a participação no campeonato, e promete empenho para enfrentar a nova época. André Silva continua no comando da equipa, ele que já sabe o que é começar praticamente do zero no emblema arouquense.

Os últimos meses foram de indefinição no Estádio da Portelada, culpa da existência de “poucas pessoas para ajudar em termos diretivos”, o que levou a Direção a ponderar não continuar em funções. A situação apenas foi desbloqueada numa altura em que as restantes equipas já trabalhavam há muito na preparação da nova época.

“Neste momento, a nossa maior preocupação é formar o plantel”, admite André Silva, que decidiu permanecer no clube assim que percebeu que o presidente, Rui Rocha, iria continuar no cargo. “Sei que vou ter, pelo menos, as condições mínimas para fazer um campeonato competitivo e dentro dos objetivos que o clube pretende. É o suficiente para poder fazer um bom trabalho. Isso motiva-me”, garante.

O lema da ACRD Mosteirô para a nova temporada passa por “tentar fazer muito com pouco”, num plantel que conta com apenas quatro atletas que transitam da última época. “Isso não me assusta”, garante André Silva, até porque esta não é a primeira vez que passa por uma situação deste género.

“Há uns anos, também na ACRD Mosteirô, chegámos a fazer um plantel de raiz e formámos uma equipa competitiva. A única diferença é que, nessa altura, preparámos as coisas atempadamente, enquanto que agora estamos a trabalhar muito em cima do joelho. Mas não tenho medo e acredito que iremos ter um plantel preparado para o desafio”, atira o treinador.

29 de Agosto de 2019
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas