Esmoriz vence Taça de Aveiro PECOL nas grandes penalidades

O Esmoriz é o novo vencedor da Taça Distrito de Aveiro PECOL, Prof. José Valente Pinho Leão. A equipa da Barrinha derrotou o Alvarenga numa final que apenas ficou decidida na marcação de grandes penalidades (6-5), após o nulo registado no tempo regulamentar.

A primeira metade foi rasgadinha, com muita luta pela posse de bola. O equilíbrio foi nota dominante, mas as chances mais flagrantes pertenceram ao Alvarenga, que acertou duas vezes nos ferros. A primeira aos 15 minutos, num cruzamento de Mateus desviado por Correia para a sua baliza. Valeu a atenção de Borges, que desviou para a barra.

Aos 22 minutos, Luizinho e Milton, no mesmo lance, viram o guardião do Esmoriz negar-lhes o golo. Poucos instantes depois, foi a vez de Lucas tentar a sua sorte com um remate de fora de área, parado por Borges, que voltou a desviar para o ferro.

O Esmoriz tentava esticar o jogo sobretudo com as arrancadas de Koneh, mas a pontaria estava descalibrada. Na sequência de um pontapé de canto, o camisola 99 e Martin chegaram atrasados, falhando por pouco o desvio.

Do outro lado, o guardião Borges continuava a brilhar, desta feita ao parar um remate de longe de Letz. A fechar a primeira metade, Koneh surgiu solto de marcação à entrada da área dos arouquenses, mas rematou ao lado.

Na segunda metade, houve mais equilíbrio, e bem menos oportunidades de golo. Aos 55 minutos, Martin tentou surpreender Rafa com um pontapé acrobático, mas a bola saiu à figura do guardião contrário. Do outro lado, Mateus fez tudo bem, mas o remate saiu fraco.

Com as equipas cada vez mais preocupadas em não sofrer do que propriamente em marcar, os minutos finais foram de grande calculismo. Martin teve na sua cabeça a última grande chance de desfazer o nulo, mas, à boca da baliza, atirou por cima.

Sem golos no tempo regulamentar, a Taça Distrito de Aveiro PECOL, Prof. José Valente Pinho Leão decidiu-se na marcação de grandes penalidades. Aí, o Esmoriz foi 100% eficaz. Marcou as seis tentativas de que dispôs, ao contrário do Alvarenga, que desperdiçou uma. Fred foi o autor do penálti decisivo.

Fotografia
André Machado

11 de Junho de 2017
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas