Azagães vence Arrifanense com um final de loucos e segue na perseguição ao líder Arouca

O Arouca segue firme na liderança do Campeonato Grande Hotel de Luso, após ter vencido, em S. João da Madeira, o Fundo de Vila, por 11-6. A três pontos de distância, e com menos um jogo disputado, continua o Azagães, que bateu o Arrifanense por 4-3, no jogo grande da sétima jornada.

No Pavilhão das Travessas, Fundo de Vila e Arouca proporcionaram um primeiro tempo renhido, que terminou com 2-2 no marcador. O arranque do segundo tempo dava a entender que o resultado seguiria nivelado até final, mas nos últimos cinco minutos os arouquenses calibraram a mira à baliza adversária e construíram um triunfo por 11-6. Dany, pelo Fundo de Vila, e Sérgio Costa, pelo Arouca, foram as figuras do encontro, tendo ambos completado um 'póquer'.

Mais emocionante foi a vitória do Azagães na receção ao Arrifanense. Num jogo de parada e resposta, os forasteiros chegaram ao último minuto a vencer por 3-2, mas dois golos seguidos de Vasco carimbaram a reviravolta e valeram mais três pontos ao conjunto de Carregosa.

Bem mais folgado foi o triunfo da Juventude de Fiães na casa do 'lanterna vermelha', Atlético do Luso. 7-1 foi o resultado, construído com os tentos de Tiaguinho, que bisou, Michael, Paulo Russo, Emídio, Mica e Mix. Pelos locais, reduziu Bruno Fernandes.

A um ponto dos fianenses segue o Dínamo, que também alcançou uma vitória expressiva na receção à Casa do Povo de Esgueira (9-1). Pedro bisou no cinco minutos iniciais, abrindo caminho à goleada, completada por Chico, Paulo, que também bisou, Tiago Lopes, Tiago Pinho, João e Álvaro. O tento de honra dos forasteiros surgiu já perto do fim, por Hugo.

Quanto ao duelo entre Bairros e Beira-Ria, duas equipas igualadas na tabela, terminou empatado a um golo. Derley adiantou os de Castelo de Paiva, mas o guardião Aria empatou ainda na primeira parte.

Já o Gafanha, alcançou um triunfo suado na casa do ARCA, por 3-2. Ricardo Soares bisou pelos forasteiros, tendo, pelo meio, Hugo Martins também marcado. Pela equipa da casa, David e Tiago fizeram o gosto ao pé.

Quem também venceu pela margem mínima foi a ADREP, na recepção ao PARC (2-1). Marco Santos até deu vantagem aos de Pindelo a meio da primeira parte, mas Ivo e Pinho deram a volta na etapa complementar.

27 de Novembro de 2017
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas