“Acreditámos até ao fim e acabámos por ser premiados”

Com um golo já para lá do minuto 90, a Ovarense derrotou o Canedo (1-0) e conquistou o título da 2.ª Divisão Distrital de Aveiro. No restante jogo da jornada, o Vista Alegre, que terminou a fase de apuramento de campeão na terceira posição, derrotou o Famalicão, por 3-1.

No Campo das Valadas, o jogo foi intenso e merecia mais golos. A jogar perante o seu público, o Canedo entrou melhor e colecionou algumas situações perigosas, mas a melhor de todas até pertenceu à Ovarense, que atirou ao poste.

Os momentos de maior emoção surgiram na reta final. Os canedenses ficaram perto do golo quando Sérgio Ramos, na sequência de um canto, viu um defesa contrário negar-lhe a glória em cima da linha fatal.

Na resposta, a Ovarense foi mais eficaz e carimbou o único resultado que lhe interessava na luta pelo título. Pereira, num remate de ressaca à entrada da área, bateu Zé Carlos e tornou-se no herói do título 'vareiro'.

“Acabou por ser um final épico. Tínhamos que ganhar, e foi qualquer coisa de fantástico”, explica Artur Marques, treinador da Ovarense, que recorda “um jogo muito difícil, mas soubemos sofrer e, nos descontos, veio a alegria do golo da vitória”. “Acreditámos até ao fim e acabámos por ser premiados”, completa.

O técnico recorda “uma época difícil, em que as coisas não começaram a correr da melhor forma”, o que não impediu a equipa de “acabar a primeira fase com onze pontos de avanço e alcançar o principal objetivo da época, a subida de divisão”.

Seguiu-se a decisão do título, na qual a Ovarense sabia que, “à partida, não era candidata”, até porque “Canedo e Vista Alegre são equipas com outro poderio financeiro”. No entanto, “dentro do campo é que se prova quem tem qualidade”, e a equipa de Artur Marques acabou mesmo por ser a única a terminar a segunda fase sem qualquer derrota averbada.

“Não há palavras para descrever a sensação que foi. Já tinha campeão neste clube como jogador, com a subida à 2.ª Liga em 1999/2000, mas sê-lo agora, com o clube nestas condições, é qualquer coisa de fantástico. Só temos é que estar felizes com o que alcançámos”, atira o treinador dos 'vareiros'.

De Canedo, os campeões seguiram para a Câmara Municipal de Ovar, onde foram recebidos pelo presidente, Salvador Malheiro. “Fizemos o que tínhamos que fazer! Abrimos as portas da nossa Câmara aos nossos campeões! Grande Ovarense! Parabéns campeões!”, escreveu o autarca, nas redes sociais.

“Conseguimos devolver o clube à cidade, e temos que continuar a seguir este rumo”, completa Artur Marques, que na próxima temporada irá orientar a equipa na Divisão Pro-Nacional.

Fotografia
Direitos Reservados

5 de Junho de 2017
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas